Sexta-feira, 23 de Abril de 2004
REVISÃO CONSTITUCIONAL - REACÇÕES
Será desta que as pessoas vão reagir e fazer qualquer coisa para mudar este estado de coisas, em que, sem mandato para tal, alguns senhores decidem as coisas importantes enquanto colocam à discussão aquilo que não tem importância?A reacção de um leitor do Público:À aprovação da futura Constituição europeia "A Assembleia da República começa hoje a votar em plenário a versão final da revisão constitucional que vai já incluir a adaptação à aprovação da futura Constituição europeia." Mas então e nós? O povo que os elegeu? Não temos nada a dizer? Fomos consultados? Decidimos alguma coisa? Ou não somos de confiança... e podemos estragar o arranjinho? A democracia é de facto só para as poucas dúzias que estão no poder. A Europa não é tudo. E esta Europa é cada vez mais um arranjinho para duas potências dominaren os outros países e os boys se desenrascarem com as migalhas que sobejarem... Começo a dar razão, aos que encontram semelhança de processos na comparação do processo da entrada dos Filipes espanhóis em Portugal. Aqueles, compraram alguns, agora dão subsídios. Os nossos governantes de então assinaram de cruz e os de agora de cruz, votam. Em privado. Nós, o povo de Portugal, e por que não os cidadãos da Europa, não somos precisos para nada! É revoltante! Não poderá haver aí um crime de tráfico de influências e apropriação ilegítima dos direitos à soberania e independência do povo? Não haverá por aí um juiz que mande investigar coisas destas? Ruy Vaz (Viana)

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 13:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

25 DE ABRIL - REVOLUÇÃO OU EVOLUÇÃO?
Conversa de chacha do sistema que nos governa há 30 anos, para que não se discuta o essencial e se continue a falar do acessório.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 08:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 22 de Abril de 2004
MAIS DESPERDÍCIO DE DINHEIRO PÚBLICO
Comparem estas duas notícias, do DN - uma de hoje, outra de ontem (realces a bold da minha responsabilidade):Marinha pediu à NATO para apoiar submarinosMANUEL CARLOS FREIREA NATO considerou um desperdício o investimento de centenas de milhões de euros na compra de submarinos novos para a Armada portuguesa, revelaram ao DN fontes aliadas.A posição da NATO acompanhou a recusa, em Novembro passado, de um pedido da Marinha portuguesa para que a organização aliada apoiasse e justificasse a existência daquele programa - que é assinado hoje e vai custar apenas 770 milhões de euros - com as suas necessidades operacionais, adiantaram as fontes."Portugal tem pouco dinheiro e o pouco que tem será desperdiçado na compra de submarinos, tendo--nos pedido que justificásemos tal opção. Não o faremos", escreveu a NATO num dos documentos classificados acerca dessa matéria e citado pelas fontes.A Marinha, de acordo com as fontes, pretendia obter - de uma forma que, no mínimo, deve ter suscitado grande perplexidade numa organização com a cultura, responsabilidades e procedimentos da NATO - apoio para ultrapassar as reservas da opinião pública, fortemente atingida pela necessária política de austeridade do Governo PSD/PP.Embora mantendo o programa de submarinos na sua lista de necessidades operacionais, a NATO reduziu acentuadamente a prioridade da sua concretização face à importância de outras missões decorrentes do actual contexto geoestratégico. Nesse sentido, a Aliança aconselhou Portugal a reorientar os milhões dos submarinos para outros equipamentos e sistemas de armas ligados a outras capacidades navais - que vão desde a projecção de forças (necessárias às operações de paz, por exemplo) ao controlo do mar em águas oceânicas e costeiras ou à fiscalização.A título de exemplo, a NATO assinalou que a Marinha apenas pode satisfazer actualmente três dos 19 compromissos com forças navais que a NATO espera de Portugal, observaram as fontes. Um desequilíbrio que levou a Aliança a classificar a Armada portuguesa de forma particularmente negativa, enfatizaram as fontes.Por isso, os responsáveis da NATO foram alertando Portugal para a necessidade de aplicar aquelas centenas de milhões de euros noutros programas de reequipamento nacional mais necessários à actividade operacional da Marinha e de que a Aliança precisa, referiram as fontes aliadas.continua: D.N. 21-04Submarinos comprados em nome da soberania EDUARDO MASCARENHAS«Todos os países europeus marítimos estão a renovar a sua capacidade submarina», recordou ontem o ministro de Estado e da Defesa Nacional, na cerimónia de assinatura do contrato de compra de dois novos submarinos para a Marinha.Paulo Portas considerou fundamental que o País mantenha a sua vocação marítima e estabeleceu um paralelismo entre aquela tendência europeia e a decisão do Governo português de adquirir dois novos submarinos. Disse que ela assenta em «razões de soberania e de defesa dos interesses específicos de Portugal», e também no propósito de dotar o País com «Forças Armadas modernas, com menos efectivos, mas com equipamentos mais eficazes».«Portugal não perderá a sua capacidade submarina», assegurou o ministro, lembrando que, «em matéria de Defesa e Segurança, não decidir tem um custo elevadíssimo».Também o chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, almirante Mendes Cabeçadas, sustentou ontem que a capacidade submarina portuguesa é «indispensável», tanto no plano nacional como no da NATO.O almirante sustentou, em comunicado, que a manutenção da capacidade submarina portuguesa «interessa ao País como instrumento de defesa nacional no espaço em que é soberano, como na estratégia das suas alianças, designadamente a NATO, que continua a incluir nos seus planos de forças um número significativo de unidades submarinas».continua:D.N. 22-04

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

PORTUGAL FOI VENDIDO!
Sem terem qualquer mandato expresso para tal, deputados do PS, PSD e CDS alienam soberania Nacional, passando a Constituição Portuguesa a ter um mero poder subsidiário da Constituição Europeia.

Foi por isto que não quiseram Referendo à Constituição Europeia!

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 19:50
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

NIGÉRIA
fondofoto.jpgA pressão internacional fez com que a sentença de morte de Amina Lawal fosse anulada e ela tenha sido libertada. Outro processo semelhante está em curso neste momento. Amina Lawal is free and her sentence, cancelled.Amina Lawal est libre et la condamnation a eté anulée.Petição ao Presidente da Nigéria, para acabar com a pena de morte no seu País:Su Excelencia Olusegun ObasanjoPresidente de NigeriaSu Excelencia:Consciente que 487 personas están a la espera de ejecución en Nigeria me pongo en contacto con usted para pedirle que inmediatamente se den los pasos necesarios para la abolición, tanto en el sistema penal ordinario y en la sharia (ley islámica), como en la práctica, de la pena de muerte y se imponga una suspensión inmediata de todas las ejecuciones pendientes. Se deberá anular sin demora las condenas impuestas a menores de 18 años. Teniendo en cuenta la discriminación en los sistemas penales nigerianos le hago una mención especial a los  derechos de las mujeres y las niñas, como los miembros más vulnerables de la sociedad, y le pido asegure que son totalmente protegidos contra las leyes y prácticas discriminatorias.Asimismo considero que Nigeria debería ratificar el Segundo Protocolo Opcional del Pacto Internacional de Derechos Civiles y Políticos y asegurar que todos los acusados tienen un juicio justo y las debidas garantías procesales.Atentamente,Podem assinar em:Amnistia Internacional

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 13:28
link do post | comentar | favorito

IGREJA DE PEDRÓGÃO GRANDE
PEDRGR15.jpg

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 08:35
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 21 de Abril de 2004
LINHA DO TUA
O que se passou na linha do Tua é grave (e isto, seja quem for que esteja a dizer a verdade).É património do País que está a ser esbanjado. Não venham com a conversa de que não era utilizado, porque há situações idênticas noutros países em que vários anos depois de deixarem de ser utilizadas, linhas de comboio voltaram a sê-lo, para fins turísticos. E temos um exemplo semelhante cá em Portugal, com o eléctrico da Praia das Maças: Também foi retirada parte da linha e agora está a ser recuperada, com um custo muito superior ao que teria tido se não tivessem levantado parte dos carris.in: PúblicoRefer Manda Investigar Roubo de Carril na Linha do Tua Por CARLOS CIPRIANOQuarta-feira, 21 de Abril de 2004 O conselho de gerência (CG) da Refer deliberou na passada sexta-feira instaurar um inquérito pelo alegado roubo de 504 toneladas de carril num troço desactivado da linha do Tua, entre Carvalhais e Avantos, no concelho de Mirandela. Na sequência das perguntas feitas pelo PÚBLICO, o CG demitiu um director da empresa na região Norte. O levantamento dos carris foi feito pela empresa O2, de Ovar, que é um dos principais empreiteiros da Refer na zona Norte. Em Janeiro, sem qualquer autorização, esta empresa interveio ao longo de seis quilómetros de linha com uma brigada de seis homens, utilizando camiões basculantes e equipamento apropriado para trabalhar nas linhas férreas para retirar o carril das travessas. Depois de ter sido alertada para interromper esses trabalhos, a mesma empresa voltou ao terreno semanas depois para atacar um outro troço da mesma linha, entre Azibo e Sendas (concelho de Macedo de Cavaleiros), tendo retirado também vários quilómetros de carril. Ao longo da estrada, que é paralela à via férrea, e no apeadeiro de Vilar de Ledra, contudo, podem ainda hoje ser vistas milhares de travessas de madeira onde assentavam os carris. O desmantelamento da linha do Tua só não prosseguiu porque foi impedido por populares de Romeu (Mirandela), tendo-se verificado alguns distúrbios e tiros para o ar. A linha do Tua foi encerrada em 1992 entre Mirandela e Bragança, mas mantiveram-se intactos os 78 quilómetros de via e respectivas estações e apeadeiros durante vários anos. Este património ferroviário tem sido escassamente vigiado e só não foi vandalizado na sua totalidade por estar afastado de zonas urbanas. Para a população, porém, enquanto ali estiver a linha não morre a esperança de voltar a ver um dia lá passar o comboio. Daí a feroz resistência e os motins que então ocorreram quando do fecho da linha, o que justifica também a atitude hostil a qualquer intervenção - legal ou ilegal - que vise desmantelar a plataforma ferroviária. A Refer deverá agora averiguar qual o total de carril levantado. Segundo informações recolhidas pelo PÚBLICO, as primeiras 504 toneladas que desapareceram do concelho de Mirandela poderão valer perto de 100 mil euros. Um outro prejuízo, mais difícil de quantificar, é no próprio património da empresa gestora da rede ferroviária nacional, que fica desvalorizado, pois não é a mesma coisa, em termos contabilísticos, deter uma linha férrea desactivada com a plataforma intacta ou um simples canal sem carris nem travessas. Algumas das linhas de via estreita de Trás-os-Montes que foram encerradas no início dos anos 90 deverão ser transformadas em ecopistas, por forma a aproveitar o traçado, servindo as estações abandonadas como pontos de apoio ao longo do percurso. Na linha do Tâmega, no concelho de Amarante, a Refer adjudicou em Outubro do ano passado à mesma empresa O2 a limpeza de plataforma e recolha de travessas para tratamento (dado tratar-se de resíduos considerados perigosos). No entanto, essa limpeza resumiu-se ao levantamento do carril, tendo ficado as travessas abandonadas ao longo da via.O2 Garante Que Está Tudo Legal Por C.C.Quarta-feira, 21 de Abril de 2004 Contactado pelo PÚBLICO, José Godinho, responsável pela empresa O2, diz que há um "grande mal-entendido" por parte da Refer, porque as intervenções que tem realizado nas linhas estão cobertas por uma adjudicação que lhe foi feita pela empresa para o levantamento e tratamento de sucata. Explicou que quem actuou no terreno foi a SEF - Sociedade de Empreitadas Ferroviárias, uma das sete empresas do grupo O2, do qual se separou há um ano, mas que "não era possível tê-lo feito sem autorização da Refer, porque a empresa não se ia meter a fazer esse trabalho se não lhe pagarem e se não lhe mandarem". José Godinho adianta que tem documentos que provam que está tudo legal, pois diz possuir guias de transporte dos carregamentos assinadas pela Refer.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 21:41
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

CARTE D'EUROPE - VICTOR HUGO
Des sabres sont partout posés sur les provinces. L'autel ment. On entend ceux qu'on nomme les princes Jurer, d'un front tranquille et sans baisser les yeux, De faux serpents qui font, tant ils navrent les âmes, Tant ils sont monstrueux, effroyables, infâmes, Remuer le tonnerre endormi dans les cieux. Les soldats ont fouetté des femmes dans les rues. Où sont la liberté, la vertu ? disparues ! Dans l'exil ! dans l'horreur des pontons étouffants ! Ô nations ! où sont vos âmes les plus belles ? Le boulet, c'est trop peu contre de tels rebelles Haynau dans les canons met des têtes d'enfants. Peuple russe, tremblant et morne, tu chemines, Serf à Saint-Pétersbourg, ou forçat dans les mines. Le pôle est pour ton maître un cachot vaste et noir ; Russie et Sibérie, ô czar ! tyran ! vampire ! Ce sont les deux moitiés de ton funèbre empire ; L'une est l'oppression, l'autre est le Désespoir. Les supplices d'Ancône emplissent les murailles. Le pape Mastaï fusille ses ouailles ; Il pose là l'hostie et commande le feu. Simoncelli périt le premier ; tous les autres Le suivent sans pâlir, tribuns, soldats, apôtres ; Ils meurent, et s'en vont parler du prêtre à Dieu. Saint-Père, sur tes mains laisse tomber tes manches ! Saint-Père, on voit du sang à tes sandales blanches ! Borgia te sourit, le pape empoisonneur. Combien sont morts ? combien mourront ? qui sait le nombre ? Ce qui mène aujourd'hui votre troupeau dans l'ombre, Ce n'est pas le berger, c'est le boucher, Seigneur ! Italie ! Allemagne ! ô Sicile ! ô Hongrie ! Europe, aïeule en pleurs, de misère amaigrie, Vos meilleurs fils sont morts ; l'honneur sombre est absent. Au midi l'échafaud, au nord un ossuaire. La lune chaque nuit se lève en un suaire, Le soleil chaque soir se couche dans du sang. Sur les français vaincus un saint-office pèse. Un brigand les égorge, et dit : je les apaise. Paris lave à genoux le sang qui l'inonda ; La France garrottée assiste à l'hécatombe. Par les pleurs, par les cris, réveillés dans la tombe, - Bien ! dit Laubardemont ; - Va ! dit Torquemada. Batthyani, Sandor, Poërio, victimes ! Pour le peuple et le droit en vain nous combattîmes. Baudin tombe, agitant son écharpe en lambeau. Pleurez dans les forêts, pleurez sur les montagnes ! Où Dieu mit des édens les rois mettent des bagnes Venise est une chiourme et Naple est un tombeau. Le gibet sur Arad ! le gibet sur Palerme ! La corde à ces héros qui levaient d'un bras ferme Leur drapeau libre et fier devant les rois tremblants ! Tandis qu'on va sacrer l'empereur Schinderhannes, Martyrs, la pluie à flots ruisselle sur vos crânes, Et le bec des corbeaux fouillé vos yeux sanglants. Avenir ! avenir ! voici que tout s'écroule ! Les pâles rois ont fui, la mer vient, le flot roule, Peuples ! le clairon sonne aux quatre coins du ciel ; Quelle fuite effrayante et sombre ! les armées S'en vont dans la tempête en cendres enflammées, L'épouvante se lève. - Allons, dit l'Eternel ! Victor HugoJersey, 5 novembre 1852

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 19:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

AVELINO FERREIRA TORRES - "ESTIVE NA CASA DE BANHO"
Um espectáculo! Resta saber se ficou muita coisa queimada na casa de banho...in: Portugal DiárioQuestionado pelos jornalistas sobre o seu paradeiro na terça- feira, dia em que chegou a ser dado como desaparecido, afirmou: «Estive na casa de banho». Nas últimas horas, levantaram-se dúvidas sobre o paradeiro de Avelino Ferreira Torres, mas o autarca deslocou-se hoje ao tribunal de Marco de Canavezes, no âmbito de um processo relacionado com a utilização de pessoal e materiais da Câmara para favorecimento próprio.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 13:49
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

CORRUPÇÃO (II)
No Faccioso, o António Torres comentou o que aqui escrevi ontem sobre as prisões que foram efectuadas. Concordo quase totalmente com o que ele diz. Mas como sou naturalmente optimista, apesar de temer que todo este processo se arraste anos e anos e acabe por não dar em nada, ainda acredito que acabe por ser feita Justiça! E quanto mais não seja, tudo isto terá um efeito dissuasor durante algum tempo, inibindo os que têm este tipo de comportamentos. Pelo menos isso acontecerá.Quanto à parte final do texto do António Torres - "Como poderemos mudar as coisas? Será que queremos fazê-lo? Ou continuamos a lamentar?", só poderei responder que depende da atitude que tomarmos no nosso dia-a-dia: se recusarmos pactuar com este tipo de comportamentos, se denunciarmos este tipo de comportamentos (bem sei que é difícil, sem provas...), aos poucos e poucos será possível. Agora se continuarmos a ter um comportamento amorfo como tem sido típico da sociedade Portuguesa nos últimos anos, temo o pior!

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 12:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Testamento - Virgilio Piñ...

VISITA VIRTUAL AO TÚMULO ...

CHRIS GEOFFROY - A última...

BOLIVAR LUSÍADAS PROTAGON...

ANTÓNIO MEXIA - É SÓ COIN...

PROGRESSIVIDADE FISCAL

MENINAS E MENINOS DE OURO

CÂNTICO NEGRO - JOSÉ RÉGI...

ANTÓNIO COSTA, DEMITA-SE!

DESERTIFICAÇÃO...

Banner Publipt
arquivos

Outubro 2020

Maio 2020

Fevereiro 2019

Junho 2018

Abril 2018

Novembro 2017

Setembro 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Agosto 2015

Abril 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Setembro 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

Outubro 2003

Setembro 2003

Agosto 2003

Julho 2003

Junho 2003

Maio 2003

Abril 2003

Março 2003

tags

todas as tags

favoritos

Dos sítios que valem a pe...

Fazer um cruzeiro: yay ou...

Hoje vou contar-vos uma h...

Boa Noite e Bom Descanso

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub