Quinta-feira, 22 de Julho de 2004
FÉRIAS
Durante cerca de um mês, serviços (muito...) mínimos!FÉRIAS!MERCADO LAVRADORES.jpgMERCADO DOS LAVRADORES - FUNCHAL - MADEIRA - 2003


publicado por João Carvalho Fernandes às 21:18
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

COUNTRY MEMORIES
etiquetasselo-logotipocarta2-211x211.jpgUma excelente loja, de que já aqui tinha falado em tempos. Agora que já provei várias das iguarias, posso dizer que são uma maravilha!COUNTRY1.jpgRecomenda-se visita a qualquer das duas lojas existentes:Loja 1 - Riviera Center, Junqueiro, CarcavelosTel: 21 924 46 76 - Tlm: 96 123 61 67Loja 2 - Rua da Lapa, 104 / B - LisboaTel: 21 391 01 53Sugiro entre os pratos congelados à venda (são congelados gourmet...), o lombinho de porco c/ molho de frutos vermelhos, o empadão de aves e o bacalhau espiritual.A doçaria também é muito boa, destacando-se os bolos de chocolate e a doçaria à base de ovo.COUNTRY2.jpg.COUNTRY3.jpgCOUNTRY4.jpg.COUNTRY5.jpgTem site: Country Memories


publicado por João Carvalho Fernandes às 19:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

ACORDO DE NOITE - ALBERTO CAEIRO
Acordo de noite subitamente, E o meu relógio ocupa a noite toda. Não sinto a Natureza lá fora. O meu quarto é uma cousa escura com paredes vagamente brancas. Lá fora há um sossego como se nada existisse. Só o relógio prossegue o seu ruído. E esta pequena cousa de engrenagens que está em cima da minha mesa Abafa toda a existência da terra e do céu... Quase que me perco a pensar o que isto significa, Mas estaco, e sinto-me sorrir na noite com os cantos da boca, Porque a única cousa que o meu relógio simboliza ou significa Enchendo com a sua pequenez a noite enorme É a curiosa sensação de encher a noite enorme Com a sua pequenez... Alberto Caeiro

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 13:28
link do post | comentar | favorito

BLASFÉMIAS
A não perder, esta entrada da Sara Muller, no Blasfémias.O meu único comentário é: HONRA AO MÉRITO!

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 08:20
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 21 de Julho de 2004
POBRE CARMONA RODRIGUES!
E para além de pagar as dívidas, ainda vai ter de cumprir as muitas (todas?) promessas que Santana Lopes deixou por cumprir!Santana Deixa Câmara de Lisboa com Dívidas de 100 Milhões de Euros Por ANABELA MENDESQuarta-feira, 21 de Julho de 2004 A Câmara Municipal de Lisboa (CML) enfrenta sérias dificuldades financeiras, com dívidas de 100 milhões de euros a fornecedores que se devem, em grande parte, a um aumento abrupto da despesa e à incapacidade da autarquia, agravada nos últimos dois anos - período que corresponde à presidência de Pedro Santana Lopes -, de gerar receitas com bens de investimento. O novo presidente da CML, Carmona Rodrigues, está "ciente e preocupado com o problema". A oposição considera a situação actual "muito grave". in: PublicoSantana Deixa Câmara de Lisboa com Dívidas de 100 Milhões de Euros Por ANABELA MENDESQuarta-feira, 21 de Julho de 2004 A Câmara Municipal de Lisboa (CML) enfrenta sérias dificuldades financeiras, com dívidas de 100 milhões de euros a fornecedores que se devem, em grande parte, a um aumento abrupto da despesa e à incapacidade da autarquia, agravada nos últimos dois anos - período que corresponde à presidência de Pedro Santana Lopes -, de gerar receitas com bens de investimento. O novo presidente da CML, Carmona Rodrigues, está "ciente e preocupado com o problema". A oposição considera a situação actual "muito grave". "A CML transitou do ano passado com uma dívida de cerca de 100 milhões de euros a fornecedores e a percepção que temos é a de que a situação financeira, que já não era famosa no ano passado, se agravou muito neste primeiro trimestre. Pensamos que a primeira preocupação de Carmona Rodrigues será a de tentar saldar essas dívidas, pelo menos em parte, e perceber se as contas serão equilibráveis até ao final do ano", disse ao PÚBLICO o vereador socialista Vasco Franco. De acordo com fonte municipal, "nestes dois últimos anos existiu um empolamento da receita, o que significou o empolamento total dos orçamentos". "Isto fica a dever-se à incapacidade de concretização das receitas dos bens de investimento [venda de terrenos, imóveis, habitações, etc.], que têm provocado sucessivos acréscimos nas dívidas aos fornecedores. Em contrapartida, as despesas da autarquia nestes dois anos aumentaram de forma abrupta, o que tem vindo a complicar ainda mais o equilíbrio financeiro da câmara", garante a mesma fonte. De acordo com este técnico, a situação não foi tão gravosa em 2003, por ainda existir um saldo de gerência (tesouraria), proveniente de 2002, que permitiu o amortecimento da situação. No entanto, como o mesmo não se verificou em 2004, "neste momento vive-se um estrangulamento financeiro da tesouraria que está a trazer grandes problemas à autarquia", diz a mesma fonte. A solução para este problema, ainda de acordo com aquele técnico, "poderá passar pelo congelamento das dotações de forma de evitar a continuação do aumento desenfreado da dívida a fornecedores". Carmona quer aumentar receitas De acordo com António Abreu, vereador do PCP, o relatório de actividades de 2003 já tinha revelado "baixas taxas de execução, quer da despesa, quer da receita", ou seja, "demonstrou que a câmara não tinha conseguido pagar obra prometida e não foi capaz, ao mesmo tempo, de gerar as receitas que tinha orçamentado". "Pedro Santana Lopes, olimpicamente, garantiu que não iria recorrer à banca, submetendo-se às decisões do Governo e não se solidarizando com os seus pares autarcas, que consideravam isso inadmissível. Portanto, anunciou que faria apenas obra correspondente à receita que fosse capaz de gerar. Só que gastou muito mais em espectáculos, publicidade e coisas efémeras, que acumularam dívidas a fornecedores e apenas serviram para emprestar algum prestígio temporário a ele próprio. O resultado está à vista. Neste momento a situação é grave e implica uma gestão cuidadosa, nomeadamente do que irá ser feito com o património municipal", diz o autarca. "A autarquia tem bens que, directamente ou em operações que envolvam terceiros, podem gerar as mais valias necessárias para a solução desta crise. É por isso inaceitável 'cair na boca do lobo' em operações como a que está para ser protocolada entre a EPUL, o grupo Espírito Santo e a Sociedade Parque Mayer, em que os interesses municipais são secundarizados e há mais valias de vulto que se escapam, apenas devido à pressa de fazer cumprir, de qualquer modo, uma promessa eleitoral", conclui António Abreu. Fonte do gabinete do novo presidente da CML, António Carmona Rodrigues, disse ao PÚBLICO que ele "está ciente e preocupado com o problema". Para o resolver, segundo a mesma fonte, "pretende actuar no sentido de aumentar as receitas, quer no campo das receitas extraordinárias, que dizem respeito à venda de património, quer na transferência de verbas do Governo para a autarquia, correspondentes a impostos cobrados e que ainda não foram entregues".

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 20:27
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

O NOSSO SILÊNCIO TORNA-NOS CUMPLÍCES
A propósito das gravíssimas violações de direitos humanos que se estão a passar no Sudão, não deixem de ler este texto da Amnistia Internacional:Crisis en SudánNuestro silencio nos hace cómplices "Cada noche venían entre cinco y seis hombres y, uno tras otro, nos violaban durante horas; así durante seis días. Mi esposo no pudo perdonarlo y me ha repudiado."Refugiada sudanesa entrevistada por Amnistía Internacional.Las continuas violaciones en masa que se están produciendo en Darfur constituyen crímenes de guerra y crímenes de lesa humanidad, pero apenas se está haciendo nada para detenerlas.women_from_north_darfur.jpgMujeres de Darfur Septentrional.© AIEn el informe publicado por Amnistía Internacional bajo el título Sudán: La violación como arma de guerra en Darfur queda demostrado que, pese a que Darfur es el centro de atención tanto a escala regional como internacional y pese a las promesas del gobierno sudanés de desarmar a la milicia janjawid, mujeres y niñas siguen sin recibir protección.El sufrimiento y los abusos soportados por estas mujeres van mucho más lejos del acto de violación en sí. La violación tiene unas consecuencias devastadoras y permanentes en la salud de las mujeres y niñas; las supervivientes se enfrentan a una estigmatización y marginación ya de por vida, rechazadas por su propia familia y comunidad. Estas mujeres y niñas son objeto de agresiones no sólo con el fin de deshumanizarlas, sino además para humillarlas, castigarlas, controlarlas, infundirles temor y obligarlas a desplazarse y perseguir así a la comunidad a la que pertenecen.Por tanto, Amnistía Internacional pide:Que todas las partes en conflicto pongan fin al uso de la violación como arma de guerra y condenen este hecho públicamente, y que establezcan mecanismos adecuados para garantizar la protección de la población civil.Que se desarme y disuelva a la milicia janjawid de tal forma que no pueda seguir atacando a la población civil.Que se cree inmediatamente una comisión de investigación de carácter internacional encargada de estudiar las pruebas relativas a crímenes de guerra, crímenes de lesa humanidad y otras violaciones del derecho internacional humanitario, como la violación, así como las denuncias de genocidio.Que los responsables de las agresiones a civiles, entre las que se cuenta la violencia sexual contra las mujeres, sean juzgados en procesos judiciales plenamente respetuosos con las normas internacionales de justicia procesal, y que se proteja la seguridad de víctimas y testigos.Lee el informe completo - Sudan: Rape as a weapon of warMás informes sobre Sudán

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 13:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

QUINTA DA VIGIA
Conhecem?Querem saber algo mais? Carreguem no link abaixo!madeira.JPG


publicado por João Carvalho Fernandes às 08:51
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 20 de Julho de 2004
EU NÃO DIZIA?
Até vão baixar o IRS, quando do ponto de vista económico seria muito mais útil para o País baixar o IRC (segundo minha opinião até ao nível do da Irlanda). Com essa baixa, decerto que subiria a receita, muito investimento estrangeiro seria captado, muitas empresas que agora fogem aos impostos deixariam de o fazer e no fim, todos ganhariam. Com a baixa do IRS (se calhar integralmente compensada pelo fim de benefícios fiscais...) poderão fazer um grande barulho de que contribuiram para o bem do povo com essa medida exclusivamente eleitoralista, mas com muito poucos efeitos a nível económico. Já agora, porque não baixam o IVA pelo menos para os níveis anteriores?

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 22:03
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

UM ÓPTIMO GOVERNO!
Não me venham com histórias! Este Governo é excepcional, para aquilo a que se propõe fazer nestes dois anos: Muito show, muito circo, mesmo que não realize nada de palpável. Mas há algumas áreas em que até vão ser feitas coisas - provavelmente não as mais certas mas pelo menos as melhores para alguns (poucos)...

E os ministros foram escolhidos a dedo! Até aqueles que jornalistas e outros políticos dizem nada saber das áreas para que foram escolhidos, sabem e muito! Investiguem bem e chegarão a conclusões interessantes... O que não valeria hoje um "Independente" a investigar como fez no passado...

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 19:15
link do post | comentar | favorito

PONTE FILIPINA
PEDROGAO20.jpgPONTE FILIPINA - PEDROGÃO PEQUENO - 2004

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 13:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
29
30


posts recentes

BOLIVAR LUSÍADAS PROTAGON...

ANTÓNIO MEXIA - É SÓ COIN...

PROGRESSIVIDADE FISCAL

MENINAS E MENINOS DE OURO

CÂNTICO NEGRO - JOSÉ RÉGI...

ANTÓNIO COSTA, DEMITA-SE!

DESERTIFICAÇÃO...

MONUMENTO DE HOMENAGEM AO...

O ASTÉRIX QUE SE CUIDE!

CHURCHILL - WE SHAL FIGHT...

Banner Publipt
arquivos

Junho 2018

Abril 2018

Novembro 2017

Setembro 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Agosto 2015

Abril 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Setembro 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

Outubro 2003

Setembro 2003

Agosto 2003

Julho 2003

Junho 2003

Maio 2003

Abril 2003

Março 2003

tags

todas as tags

favoritos

Dos sítios que valem a pe...

Fazer um cruzeiro: yay ou...

Hoje vou contar-vos uma h...

Boa Noite e Bom Descanso

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds