Segunda-feira, 30 de Agosto de 2004
A LIDERANÇA DO PARTIDO SOCIALISTA
Como sabem, não tenho nada a ver com o Partido Socialista, mas tenho a minha opinião sobre os candidatos à liderança deste partido:Porque não gosto de meias tintas,Porque acho péssimo para a Democracia Portuguesa que PS e PSD sejam uma espécie de “Dupond e Dupont”,Porque acho que é o candidato melhor posicionado para lutar contra a corrupção que grassa na sociedade Portuguesa, quer pelo seu comportamento passado, quer porque já explanou estar plenamente consciente deste problema,Porque é muito positivo que existam políticos que o são por gostarem da política e não por não saberem fazer mais nada,Porque me incomodam profundamente organizações semi-secretas como o Grupo de Bilderberg,Porque é um candidato contra o sistema instalado na política Portuguesa, nomeadamente no Partido Socialista,Porque apresentou um manifesto que tem ideias, em vez de generalidades e lugares comuns (apesar de eu não concordar com muitas dessas ideias),Porque é apoiado pela Drª Maria de Belém Roseira, que muito prezo,E porque também conta entre os seus apoiantes com os autores de um dos melhores blogs alinhados Portugueses, o Tugir,O meu preferido só pode ser:ALEGRE.jpgMANUEL ALEGRE

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sexta-feira, 27 de Agosto de 2004
ORFEU REBELDE - MIGUEL TORGA
Orfeu rebelde, canto como sou:Canto como um possessoQue na casca do tempo, a canivete,Gravasse a fúria de cada momento;Canto, a ver se o meu canto comprometeA eternidade no meu sofrimento.Outros, felizes, sejam rouxinóis...Eu ergo a voz assim, num desafio:Que o céu e a terra, pedras conjugadasDo moinho cruel que me tritura,Saibam que ha' gritos como há nortadas,Violências famintas de ternura.Bicho instintivo que adivinha a morteNo corpo dum poeta que a recusa,Canto como quem usaOs versos em legitima defesa.Canto, sem perguntar à MusaSe o canto é de terror ou de beleza.Miguel Torga

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 13:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

PARQUÍMETROS DE LISBOA A SAQUE OU EMEL A SAQUE?
Leiam esta magnífica prosa, recuperada do Público do passado domingo. Chamo particularmente a vossa atenção para a descrição feita no relatório de 2003 da EMEL (empresa municipal que está perfeitamente a saque e onde mais uma vez vem ao de cima a justeza do "Princípio de Peter") de como vandalizar cada tipo de parquímetro instalado em Lisboa. Quem quiser aprender, tem aí um óptimo manual!Fracasso do actual sistema vai levar a EMEL à mudança de toda a rede até ao final deste anoParquímetros de Lisboa estão a saque Diana RalhaPÚBLICO A Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa (EMEL) continua a perder diariamente receitas provenientes dos 1800 parquímetros espalhados pela cidade, em resultado de actos de roubo e vandalismo.No início desta semana, funcionários da EMEL apanharam dois homens de 38 anos em flagrante delito a assaltarem as máquinas de cobrança do estacionamento. Os homens, de nacionalidade portuguesa, foram apenas identificados na PSP. A questão dos saques aos parquímetros não é de hoje. Em 2003, a EMEL anunciou, no seu Relatório de Gestão e Contas, que os custos directos com o vandalismo tinham atingido os 374 mil euros, não estando considerados nesse valor as quebras de receita e o furto, possivelmente muito maiores. A EMEL imputava estes furtos a redes organizadas com origem no estrangeiro. No que diz respeito a "assaltos organizados", foram registadas, em 2003, 83 ocorrências que levaram à identificação ou detenção em flagrante delito, sendo que em cada furto ou acto de vandalismo estão implicadas, em média, duas a três pessoas, ou seja, pelo menos 160 pessoas estavam envolvidas. A PSP deteve, no ano passado, pelo menos dez indivíduos de nacionalidade romena que faziam parte de uma rede organizada. O presidente da EMEL, António Monteiro, em declarações recentes, afirmou que a rede que se instalou em Lisboa já percorreu várias cidades europeias e é, inclusive, a mesma que destruiu o sistema de parquímetros de Paris e que levou esta cidade a eliminar o pagamento por dinheiro. Parquímetros caros e frágeisAinda no relatório de 2003, a empresa fez um "mea culpa", assumindo que os três tipos de equipamento adquiridos têm falhas graves. Os cerca de 620 parquímetros da marca "Gain" têm um baixo nível de operacionalidade, "em virtude da extrema vulnerabilidade" ao furto, através do arrombamento da porta e roubo do cofre, afirma o documento. No primeiro semestre de 2003, a EMEL comprou 125 novos cofres para reposição (cada um com um custo de 174 euros, ou seja, um total de 4350 euros), mas "não chegaram a durar uma semana". Os 613 parquímetros "Lienzle" apresentam "custos de manutenção elevadíssimos face à vulnerabilidade ao vandalismo - fácil destruição, por qualquer elemento pontiagudo introduzido na ranhura das moedas, atingindo o selector de moedas e teclados". Cada selector de moedas novo tem um custo unitário de 250 euros e os teclados custam cada um 370. No Campo das Cebolas, por exemplo, a EMEL chegou a substituir 50 selectores num mês (ou seja, um gasto de 12.500 euros). O último modelo de parquímetros instalados em Lisboa, na quantidade de 710, os "Sclumberger", "apresentam como maior fragilidade a sua vulnerabilidade ao roubo por furacão da chapa em pontos estratégicos". Segundo a empresa municipal, em zonas de grande rotação, como a Rua Ivone Silva, junto ao Hotel Zurich, o roubo chegou a ultrapassar os mil euros por máquina. À perda de receitas por furto e aos custos elevadíssimos de manutenção de equipamentos vandalizados, junta-se a estratégia de desinvestimento nas zonas periféricas. O Bairro de Alvalade, Praça de Londres, Av. de Roma, Bairro de São Miguel, Campo de Ourique são apenas alguns exemplos onde a grande maioria dos parquímetros está fora de serviço há meses. Pagamento alternativoO completo fracasso do actual sistema vai levar a EMEL à mudança de toda a rede até ao final deste ano. O novo sistema será inspirado nova tecnologia desenvolvida pela "Via Verde Portugal" para o controle das cargas e descargas em Lisboa, cujo período experimental de seis meses começa em Setembro, apenas nas avenidas 5 de Outubro e Berna. O facto de a fiscalização do sistema ter sido confiada aos funcionários da EMEL indicia a sua transposição para o pagamento do estacionamento de carros particulares. Ainda não está definido se este novo meio de pagamento será complementar dos actuais parquímetros, ou exclusivo, por forma a acabar com o "maná" dos assaltantes. (Público)

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 09:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 26 de Agosto de 2004
FEIRA MEDIEVAL EM SINTRA
Este fim de semana, em Sintra, quem puder não deve perder a Feira Medieval:FMedieval.jpgSINTRA TRANSFORMA-SE NUMA GRANDE FEIRA MEDIEVAL No próximo fim-de-semana (dia 28 e 29 de Agosto) entre as 9h30 e as 24h00, Sintra recua no tempo e recebe no Largo D. Fernando II - Largo da Feira - uma verdadeira Feira Medieval. Músicos, actores, faquires e malabaristas. Serpentes, lamas, cabras e falcões. Todos estarão juntos na Feira Medieval que fará de Sintra um lugar encantado no próximo fim-de-semana. Em vez da tradicional feira que tem lugar aos Domingos, em São Pedro de Penaferrim, quem visitar Sintra, é convidado a voltar atrás na História e a assistir aos diversos espectáculos medievais que a Câmara Municipal têm para oferecer. O local estará decorado a rigor, com escudos heráldicos, toldos e bandeiras. Artesãos estarão a vender e a expor recriações de produtos e alimentos da época, enquanto pelas ruas vagueiam prisioneiros, soldados e caçadores de dragões. Com espaços dedicados à bicharada, nesta Feira exibem-se águias, mochos e corujas, expõem-se patos, cabras, lamas e encantam-se serpentes. O acesso ao espaço é livre e gratuito e assegura, ao longo de todo o dia, muita música e animação. Programa das Animações Medievais 09h30 – Abertura da Feira; 11h00 – Arauto inaugura a Feira. Músicos percorrem o espaço da Feira; 12h00 – Pregão de mercado. Músicos com bombos e cornetas; 12h45 – Escárnio de prisioneiros; 13h30 – Jograis. Grupo de jograis passeia pelo recinto da Feira; 15h30 – Ronda Musical; 16h00 – Caçador de Dragões; 16h30 – Recreação da lenda do Vale, 17h00 – Músicos e actores circulam pelo espaço da Feira; 22h00 – Espectáculo nocturno com tambores, faquires e malabaristas.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 14:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 25 de Agosto de 2004
A PRÓXIMIDADE DOS AUTARCAS
Sempre que querem sacar mais algum dinheiro aos contribuintes, o principal argumento utilizado pelos autarcas é o da proximidade: são o elo de ligação entre o poder político central e as populações; são aqueles que melhor e mais rapidamente defendem os interesses do povo, etc...Por isso é muito interessante que apareçam notícias como a de ontem no jornal Público, onde é o próprio presidente da Associação Nacional de Municípios que vem criticar a lentidão de algumas autarquias:Associação de Municípios Alerta Autarcas para Concluírem Projectos Por MARIANA OLIVEIRATerça-feira, 24 de Agosto de 2004 O presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Fernando Ruas, sabe que há no âmbito da Comissão Nacional de Apoio Solidário às Vítimas (CNASV) alguns projectos por aprovar e, por isso, faz um ultimato aos municípios em falta: "Não faz sentido que o dinheiro ainda não tenha sido distribuído porque não se completaram processos. É preciso estabelecer uma relação mais directa com a comissão". Artigo completoAinda Há 3,2 Mihões de Euros por Atribuir às Vítimas dos Incêndios em 2003 Por MARIANA OLIVEIRATerça-feira, 24 de Agosto de 2004 Mais de 423 mil hectares de floresta resumidos a cinzas, 20 mortos, 117 habitações permanentes totalmente destruídas e 190 pessoas desalojadas. Os números relativos à época de incêndios florestais de 2003 sensibilizaram os portugueses que, com as suas contribuições, engordaram as múltiplas campanhas de solidariedade lançadas pelo país. As sete principais iniciativas angariaram mais de 10 milhões de euros. Quase um ano depois estão distribuídos 6,8 milhões de euros. Artigo completo

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 19:00
link do post | comentar | favorito

VACLAV HAVEL CONVOCA DE NUEVO
via: Siglo XXIAPUNTES DE MARTA FRAYDE, miércoles l8 de agosto del año 2004El entrañable amigo de las aspiraciones de libertad y democracia del Pueblo de Cuba, el ex Expresidente de la República Checa, Václav Havel, ha vuelto a convocar a una Conferencia Internacional, para tratar sobre la apertura de una nueva fasceta en la promoción internacional del apoyo, a favor de la liberación inmediata de todos los prisioneros políticos cubanos, así como para incrementar el respaldo a todo el movimiento opositor y la renasciente sociedad civil cubana, que brega dentro de la Isla.Numerosas personalidades europeas vinculadas con las causas de las libertades públicas, así como también un nutrido grupo de activistas cubanos que abogan por todas partes, en solidaridad con la disidencia interna cubana, han sido invitadas a participar en este evento, que en breve tendrá lugar en Praga. La agenda de este Forum, sobre todo, incluye diversos aspectos capitales de la labor que es preciso continuar realizando en torno a la Unión Europea en Bruselas; en el Parlamento Europeo en Estrasburgo, así como con cada uno de los Gobiernos que integran esta unión de naciones del Viejo Continente, recientemente ampliada con países que hasta hace unos años, estuvieron sometidos a la esclavización de los comisariados comunistas, de la ya hoy por fortuna, destruída y borrada de la faz de la tierra, órbita de dominación soviética. Precisamente, en esos antecedentes históricos de los protagonistas de esta Conferencia Internacional en Praga convocada por Václav Havel, reside el resonante prestigio y, la trascendencia que emanará de sus acuerdos.Como nosotros hemos sido invitamos a este evento, al que lamentablemente en esta oportunidad no podemos concurrir, hemos preparado esta Carta Abierta que será leída en el Plenario de la reunión. Este texto de esta misiva dice así : "Mensaje a la Conferencia de Praga". MENSAJE A LA CONFERENCIA DE PRAGAA través de nuestro colega del Comité Cubano pro Derechos Humanos, Leopoldo Fornés, queremos subrayar nuestro agradecimiento a los organizadores de este oportuno evento, por habernos invitado a participar. Razones de salud nos han impedido asistir, pero nos complace que el Sr.Fornes nos represente. El está al tanto de los retos que enfrenta la disidencia dentro de la Isla. Consideramos oportuno recordar que por estos tiempos, se cumplen 36 años de que nuestra entonces incipiente y muy pequeña agrupación de derechos humanos, reprodujo y distribuyó en La Habana, algunos ejemplares del documento "Carta 77", del que habíamos sabido a través de una publicación extranjera. Como ya expresamos en oportunidades anteriores, los reclamos cívicos de aquellos adelantados de la sociedad checoslovaca, se constituyeron en una piedra miliar para nuestro bregar posterior. Uno de los poquísimos activistas que por esas épocas nos acompañaban y, quien nos facilitó vuestro texto contestario, el abogado Aramís Taboada, mas tarde, cuando todos los integrantes del Comité estábamos encarcelados, fue asesinado mediante una muerte clinicamente inducida. Es muy probable que aun queden muchos sufrimientos y agonías que enfrentar. Sin embargo, el conjunto plural y diverso que integra el movimiento cubano en pro de la democracia y los derechos humanos, proseguirá su imprescindible labor. Muchas graciasDra. Marta Frayde - Dr.Ricardo Bofill

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 09:00
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 24 de Agosto de 2004
MARK TWAIN
"When I was younger I could remember anything, whether it happened or not."Mark Twain (1835-1910), U.S. writer


publicado por João Carvalho Fernandes às 15:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 23 de Agosto de 2004
IRÃO - A BARBÁRIE CONTINUA...
The Heartbreaking And Enraging Story of a 16 Year Old Girl’s Execution in the Town of Neka16YearOldExecutionWantedList.jpgOn Sunday August 15, 2004, a 16 year old girl by the name of Atefe Rajabi, daughter of Ghassem Rajabi, was executed in the town of Neka, located in the province of Mazandaran, for “engaging in acts incompatible with chastity”. The execution was carried out by the order of Neka’s “judicial administrator” and was approved by both the Supreme Court of the Islamic Republic and the chief of the nation’s “judiciary branch.” Although according to her birth certificate she was only 16 years old, the local court falsely claimed that she was 22. Three months ago, during her appearance before the local court, fiercely angry the young girl hurled insults at the local judge, Haji Reza, who is also the chief judicial administrator of the city, and it is said as another expression of protest took off some of her clothes in the courtroom. This act by the young girl made the administrator so furious that he evaluated her file personally and in less than three months received a go-ahead from the Islamic Republic’s Supreme Court for her execution. The animosity and anger of Haji Reza was so strong that he personally put the rope around the girl’s delicate neck and personally gave the signal to the crane operator, by raising his hand, to begin pulling the rope. It may be noted that although according to the Islamic Republic’s own penal laws the presence of an attorney for the defense [is supposed to be] mandatory, regardless of the defendant’s ability to afford one, nevertheless the girl remained without an attorney. Her unfortunate father, while tears poured from his eyes, went about the city beseeching the townspeople for money to hire an attorney who in the least would provide his daughter with a line of defense. The young girl was buried the same day after her execution but during that same night her corpse was disinterred by unknown individuals and robbed. The theft remains unexplained and the Rajabi family has filed a complaint. The 16 year old girl’s male companion, who had been arrested as well, received 100 lashes and, after the Islamic punishment was carried out, released.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 19:05
link do post | comentar | favorito

FIM DAS FÉRIAS
Era bom, mas acabou-se!Em breve o regresso à normalidade (seja lá o que isso for!).E partilho convosco o melhor destas férias:Os almoços e jantares na Madeira, nalguns restaurantes de que falarei ao longo dos próximos meses no blog Madeira.O passeio de jipe pela ilha de Porto Santo, com a empresa Dunas, de que também falarei pormenorizadamente no mesmo local.O passeio pelo Castelo dos Mouros em Sintra de que falarei aqui futuramente.Ter finalmente conhecido o Paulo Cruz, do Bar do Binho, em Sintra, também conhecido como o Sr. Vinho do Porto, que teve a gentileza de me fazer uma apresentação pessoal de uma prova de vinhos do Porto, alguns com mais de uma centena de anos, que organizou em Maio, no Hotel Ritz.E, claro, o convívio mais alargado com a Família!


publicado por João Carvalho Fernandes às 08:48
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Terça-feira, 17 de Agosto de 2004
DESTE MODO OU DAQUELE MODO - ALBERTO CAEIRO
Deste modo ou daquele modo. Conforme calha ou não calha. Podendo às vezes dizer o que penso, E outras vezes dizendo-o mal e com misturas, Vou escrevendo os meus versos sem querer, Como se escrever não fosse uma cousa feita de gestos, Como se escrever fosse uma cousa que me acontecesse Como dar-me o sol de fora. Procuro dizer o que sinto Sem pensar em que o sinto. Procuro encostar as palavras à idéia E não precisar dum corredor Do pensamento para as palavras Nem sempre consigo sentir o que sei que devo sentir. O meu pensamento só muito devagar atravessa o rio a nado Porque lhe pesa o fato que os homens o fizeram usar. Procuro despir-me do que aprendi, Procuro esquecer-me do modo de lembrar que me ensinaram, E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos, Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras, Desembrulhar-me e ser eu, não Alberto Caeiro, Mas um animal humano que a Natureza produziu. E assim escrevo, querendo sentir a Natureza, nem sequer como um homem, Mas como quem sente a Natureza, e mais nada. E assim escrevo, ora bem ora mal, Ora acertando com o que quero dizer ora errando, Caindo aqui, levantando-me acolá, Mas indo sempre no meu caminho como um cego teimoso. Ainda assim, sou alguém. Sou o Descobridor da Natureza. Sou o Argonauta das sensações verdadeiras. Trago ao Universo um novo Universo Porque trago ao Universo ele-próprio. Isto sinto e isto escrevo Perfeitamente sabedor e sem que não veja Que são cinco horas do amanhecer E que o sol, que ainda não mostrou a cabeça Por cima do muro do horizonte, Ainda assim já se lhe vêem as pontas dos dedos Agarrando o cimo do muro Do horizonte cheio de montes baixos.Alberto Caeiro

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 18:30
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

CHRIS GEOFFROY - A última...

BOLIVAR LUSÍADAS PROTAGON...

ANTÓNIO MEXIA - É SÓ COIN...

PROGRESSIVIDADE FISCAL

MENINAS E MENINOS DE OURO

CÂNTICO NEGRO - JOSÉ RÉGI...

ANTÓNIO COSTA, DEMITA-SE!

DESERTIFICAÇÃO...

MONUMENTO DE HOMENAGEM AO...

O ASTÉRIX QUE SE CUIDE!

Banner Publipt
arquivos

Fevereiro 2019

Junho 2018

Abril 2018

Novembro 2017

Setembro 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Agosto 2015

Abril 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Setembro 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

Outubro 2003

Setembro 2003

Agosto 2003

Julho 2003

Junho 2003

Maio 2003

Abril 2003

Março 2003

tags

todas as tags

favoritos

Dos sítios que valem a pe...

Fazer um cruzeiro: yay ou...

Hoje vou contar-vos uma h...

Boa Noite e Bom Descanso

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds