Domingo, 26 de Dezembro de 2004
INDONESIA - THE JAKARTA POST
via: The Jakarta PostTsunami kills 1,873 in Indonesia, many hurt JAKARTA (Reuters): A powerful earthquake and tsunami waves smashed Indonesia on Sunday, killing nearly 1,900 people as raging waters washed residents out to sea and tore children from their parents' arms, officials said.The Ministry of Health put the death toll at 1,873 across the provinces of Aceh and North Sumatra on the northern tip of Sumatra island.In a statement obtained by Reuters, it said the worst affected area was Banda Aceh, the capital of Aceh province, where 1,400 had been killed. It did not say whether the earthquake or tsunami caused the most damage.Lines to Banda Aceh have been virtually cut all day.The U.S. Geological Survey said the powerful earthquake that rattled Indonesia and many other parts of southern Asia, leaving more than 4,000 other people feared dead in Sri Lanka, Thailand and southern India, had a magnitude of 8.9.The Indonesian Meteorology and Geophysics Agency (BMG), however, only recorded a magnitude of 6.8 on the Richter scale."The weather was fine with no clouds, there was no warning and suddenly the sea water just hit the city. In some parts the water was up to chest level," Bustami, a resident in the Aceh city of Lhokseumawe, told Reuters by telephone."People are panicking now. Some of us are walking by foot and others are on military trucks going to higher ground."Officials said hundreds of houses had been swept away by the force of five-meter waves across Aceh.On Nias island off North Sumatra province, directly south of Aceh, officials told Reuters 75 people had died. Nias is popular with foreign surfers, although officials said they had yet to hear reports of any foreigners being killed.There have been few reports from the western side of Sumatra island, facing the epicenter of the powerful quake.Residents reported the quake toppled homes inland in Aceh, knocked down power lines and damaged bridges.The Sultan Iskandar Muda Airport in Banda Aceh had been closed because of damage.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 17:42
link do post | comentar | favorito

SRI LANKA - COLOMBOPAGE
via: ColomboPageSri Lanka declares a state of national disaster, President to return to the country soon Sunday, December 26, 2004, 13:36 GMT, ColomboPage News Desk, Sri Lanka.Senior government and military leaders are meeting at the Defense Ministry to assess the situation. Dec 26, Colombo: The Sri Lankan government has declared a state of national disaster after massive tidal waves killed over 1500 people this morning. The Presidential Secretariat in a statement said, “President Chandrika Kumaratunga, now in London, was informed early this morning of the extensive damage to life and property in the Eastern region of the country. “Consequent to a powerful earthquake in Indonesia, a tsunami or tidal wave hit Sri Lanka's eastern coastal belt this morning. The President has declared a state of national disaster due to the seriousness of the situation,” the Secretariat said. The extent of the damage is now being assessed by senior officers at a meeting at the Defence Ministry, chaired by the Prime Minister. Several Cabinet Ministers, the Secretary to the President, the service chiefs and the IGP are at the conference. President Kumaratunga has appealed to the international community for emergency assistance, and it is likely the President will return to the island sooner than expected.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 17:35
link do post | comentar | favorito

MILHARES DE MORTOS NA ÁSIA
Após violento sismo que provocou vários maremotos, cenário de grande destruição na Tailândia, Indonésia, Maldivas, Sri Lanka e India.Cerca de três milhares de vítimas.in: PúblicoPortugueses que se encontram na ilha de Phuket, Tailândia, encontram-se bemÁsia: violento sismo seguido de maremotos faz perto de 2700 mortosDe acordo com o mais recente balanço divulgado pelos governos de diversos países asiáticos, pelo menos 2685 pessoas morreram hoje em consequência de vários maremotos que se seguiram a um violento sismo que atingiu os 8,9 na escala de Richter. De acordo com a Lusa, os portugueses que se encontram na ilha de Phuket, Tailândia, encontram-se bem.Na Indonésia, segundo responsáveis governamentais e dos serviços de segurança, terão morrido pelo menos 288 pessoas na ilha de Sumatra.No Sri Lanka, 1297 pessoas morreram e muitas outras estão desaparecidas, anunciou à AFP um colaborador do primeiro-ministro do Sri-Lanka.No sul da Índia, cerca de mil pessoas perderam a vida, também devido aos maremotos que se seguiram ao violento sismo, segundo o ministro do Interior, Shivraj Patil e no sul da Tailândia, zona turística por excelência, pelo menos 100 pessoas morreram e 1100 estão feridas, declararam responsáveis locais. Nesta zona não há registo de que nenhum português tenha ficado ferido, segundo a agência Lusa.O sismo de hoje é, segundo o Instituto Geológico Americano, o mais violento desde o que abalou o Chile, em 1960 (9,5 na escala aberta de Richter). O sismo de hoje terá atingido uma magnitude de 8,9 e o seu epicentro situou-se no subsolo marinho do Oceano Índico, ao largo da costa ocidental da ilha de Sumatra, 1620 quilómetros para noroeste de Jacarta.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 11:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 25 de Dezembro de 2004
A MELHOR PRENDA DE NATAL!
O Nuno Moreira de Almeida recebeu este Natal a melhor prenda que se possa desejar:MartimAlmeida.jpgAos pais babados os parabéns e para o Martim desejos de que seja muito feliz!


publicado por João Carvalho Fernandes às 12:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 24 de Dezembro de 2004
FELIZ NATAL!
Natal2004_2.jpgDesejos de um Feliz Natal para todos os amigos e leitores do Fumaças!


publicado por João Carvalho Fernandes às 09:10
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito

Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2004
ROMÉNIA
Um acontecimento internacional que quase não foi falado em Portugal e que aqui repesco com uns dias de atraso: a vitória nas eleições presidenciais romenas do líder da oposição e presidente da Câmara de Bucareste, Traian Basescu, que venceu, com 51,2%, tendo derrotado o primeiro ministro Adrian Nastase.traian_basescu.jpgA sinceridade utilizada por este candidato seduziu claramente os romenos. O seu lema é: "Digo o que penso e acredito no que digo". Mas apesar disso, foi com alguma surpresa que os romenos se depararam no dia a seguir à eleição com um discurso do recém-eleito presidente na televisão, onde este declarou que "A minha prioridade será a luta contra a corrupção. Esse flagelo é como um atentado à segurança nacional e utilizarei todos os meios para que as instituições do Estado se mobilizem nesse sentido.... A partir de hoje, a lei será respeitada na Roménia."Um dos principais objectivos do governo que vai formar tendo por base o seu partido será a adesão da Roménia à União Europeia em 1 de Janeiro de 2007.


publicado por João Carvalho Fernandes às 23:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

TOMARPARTIDO e SOBRE O TEMPO QUE PASSA
Haja quem não se cale!VERGONHALixo de política ou política de lixo

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 17:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

IRÃO - MAIS CONDENAÇÕES À MORTE
via: IRAN FOCUSIran: Woman sentenced to be buried up to chest and stoned to death Amnesty InternationalAn Iranian woman facing execution by stoning for adultery is believed to still be alive, even though the sentence was reportedly due to have been carried out on Tuesday 21 December.Hajieh Esmailvand’s death sentence was upheld by the Supreme Court last month. Her unnamed co-defendant is at risk of imminent execution by hanging. Amnesty International members have been faxing urgent appeals to the Iranian authorities, calling for the execution to be stopped, and the organisation believes there is still time for supporters to take action, to save Hajieh Esmailavand’s life. News reports, in addition to women’s rights websites in Iran, suggest that the judiciary has confirmed that Hajieh Esmailvand is in detention, and that her execution has not been carried out. The judiciary is reportedly considering the method of execution and Amnesty International hopes that this means it will reconsider the sentence itself in accordance with Iran’s international obligations.According to reports, Hajieh Esmailvand was sentenced to five years’ imprisonment, to be followed by execution by stoning, for adultery with an unnamed man who at the time was a 17-year-old minor. Although the exact date of her arrest and trial are not known, it is reported that she has been imprisoned in the town of Jolfa, in the north west of Iran, since January 2000.The Iranian Penal Code is very specific about the manner of execution and types of stones which should be used. Article 102 states that men will be buried up to their waists and women up to their breasts for the purpose of execution by stoning. Article 104 states, with reference to the penalty for adultery, that the stones used should “not be large enough to kill the person by one or two strikes, nor should they be so small that they could not be defined as stones.”All death sentences in Iran must be upheld by the Supreme Court before they can be carried out. In November 2004, the Supreme Court upheld the death sentence against Hajieh Esmailvand but changed the lower court’s verdict from ‘death by hanging’ to ‘death by stoning’. Reports suggest that the Supreme Court ordered that the remainder of Hajieh’s five year prison sentence be annulled so that the stoning sentence could be carried out before 21 December. Amnesty International UK Media Director Mike Blakemore said:“Our members here in the UK are faxing the Iranian authorities, imploring them to stop this brutal execution. Campaigners in Iran are also taking action. But we need people to continue to stand up and be counted, to tell the Iranian authorities that this is not acceptable.“Every day, thousands of women across the world face repression and violence, just because they are women. From the battlefield to the bedroom, women are at risk. Violence against women is a human rights atrocity and one we must tackle immediately.”The news follows reports of a 19-year old girl, “Leyla M”, who has a mental age of eight, reportedly facing imminent execution for “morality-related” offences in Iran after being forced into prostitution by her mother as a child. According to a Tehran newspaper report of 28 November, she was sentenced to death by a court in the central Iranian city of Arak and the sentence has now been passed to the Supreme Court for confirmation.Leyla M was reportedly sentenced to death on charges of “acts contrary to chastity” by controlling a brothel, having intercourse with blood relatives and giving birth to an illegitimate child. She is to be flogged before she is executed. She had apparently “confessed” to the charges. Leyla was forced into prostitution by her mother when she was eight years old, according to the 28 November report, and was raped repeatedly thereafter. She gave birth to her first child when she was nine, and was sentenced to 100 lashes for prostitution at around the same time. At the age of 12, her family sold her to an Afghan man to become his “temporary wife”. His mother became her new pimp, “selling her body without her consent”. At the age of 14 she became pregnant again, and received a further 100 lashes, after which she was moved to a maternity ward to give birth to twins. After this “temporary marriage”, her family sold her again, to a 55-year-old man, married with two children, who had Leyla’s customers come to his house.One in three women around the world suffer serious violence in their lifetime, at home, in the community or in war, just because they are women. Amnesty International is running a global campaign to 'Stop Violence Against Women'. The human rights organisation is calling on governments to repeal laws that permit and encourage violence against women, and on communities to challenge attitudes that allow violence to continue. For more information visit Amnesty

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 12:35
link do post | comentar | favorito

AINDA VAMOS TER MUITAS SAUDADES DELES...
É difícil que alguma vez volte a aparecer um Governo como este, que consegue diariamente (quando não várias vezes ao dia) fornecer assuntos para os blogs e os jornais. Ainda vamos ter muitas saudades deles...Ontem, foi a marcação "homem a homem" PSD/CDS que levou ao adiamento da conferência de imprensa que Nobre Guedes tinha arquitectado....in: PúblicoConferência de imprensa prevista para ontem à tarde realiza-se hoje às 16h00Santana Lopes manifesta "total confiança" a Nobre GuedesO primeiro-ministro, Pedro Santana Lopes, recebeu esta noite o ministro do Ambiente, Luís Nobre Guedes, manifestando-lhe "total confiança" relativamente ao anúncio da solução para os resíduos sólidos urbanos, segundo o gabinete do primeiro-ministro.Também o gabinete do ministro do Ambiente disse à Lusa que a questão foi esclarecida e que Nobre Guedes afastou o cenário de demissão, noticiado por alguns órgãos de informação hoje à noite.A conferência de imprensa prevista para ontem à tarde, e na qual deveria ser anunciada a solução tecnológica a adoptar para o tratamento de resíduos sólidos urbanos na região centro, realizar-se-á então hoje, quinta-feira, às 16h00, acrescentou.João Paulo Velez, do gabinete do primeiro-ministro, disse à Lusa que foi solicitado que a conferência de imprensa não se realizasse "pela única razão que não houve conhecimento prévio" da mesma, e na medida em que "está estipulado no Governo que estas iniciativas devem ser articuladas com a presidência do Conselho de Ministros".

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 08:50
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2004
MAIS UMA FORÇA DE BLOQUEIO....
in: PúblicoAnálise à Conta Geral do EstadoTribunal de Contas admite que défice público de 2003 pode ser falsoO Tribunal de Contas admitiu hoje que o valor do défice público de 2003, que se cifrou em 2,8 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), pode ser falso.No parecer sobre a Conta Geral do Estado do ano passado, o Tribunal de Contas defende que a informação disponibilizada pelo Executivo "não apresenta, de forma fidedigna, a situação financeira resultante das operações realizadas no decurso do ano".Por isso, "o tribunal mantém as reservas que tem vindo a colocar relativamente aos valores globais da receita e despesas da Conta Geral do Estado e, consequentemente, ao valor do défice orçamental ali apresentado", refere a entidade coordenada por Alfredo José de Sousa.Em 2003, o Ministério das Finanças, então tutelado por Manuela Ferreira Leite, comunicou a Bruxelas que o défice público tinha atingido os 2,8 por cento do PIB, com o recurso a receitas extraordinárias para garantir a meta abaixo dos três por cento do PIB imposta pelo Pacto de Estabilidade e Crescimento.O tribunal refere ainda que "persistem [nas contas públicas] práticas de desorçamentação, deficiências no sistema de apuramento das receitas e despesas públicas, desconformidade do registo de algumas operações com os princípios contabilísticos vigentes e inclusão de valores considerados não definitivos".Relativamente às contas da Segurança Social, o Tribunal de Contas decidiu não emitir qualquer parecer por estas não serem ainda as definitivas.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 18:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

CHRIS GEOFFROY - A última...

BOLIVAR LUSÍADAS PROTAGON...

ANTÓNIO MEXIA - É SÓ COIN...

PROGRESSIVIDADE FISCAL

MENINAS E MENINOS DE OURO

CÂNTICO NEGRO - JOSÉ RÉGI...

ANTÓNIO COSTA, DEMITA-SE!

DESERTIFICAÇÃO...

MONUMENTO DE HOMENAGEM AO...

O ASTÉRIX QUE SE CUIDE!

Banner Publipt
arquivos

Fevereiro 2019

Junho 2018

Abril 2018

Novembro 2017

Setembro 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Agosto 2015

Abril 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Setembro 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

Outubro 2003

Setembro 2003

Agosto 2003

Julho 2003

Junho 2003

Maio 2003

Abril 2003

Março 2003

tags

todas as tags

favoritos

Dos sítios que valem a pe...

Fazer um cruzeiro: yay ou...

Hoje vou contar-vos uma h...

Boa Noite e Bom Descanso

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds