Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007
EM MATÉRIA DE TERRORISMO, PCP DÁ LUTA AO BLOCO DE ESQUERDA
Para não ficar atrás do apoio dado pelo Bloco a actividades terroristas, o PCP voltou este ano a convidar para a Festa do Avante o Partido Comunista da Colômbia, e por consequência as FARC, organização terrorista que é o braço armado desse partido:Espaço Internacional

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 14:30
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

APROVADO COM VOTOS FAVORÁVEIS DO PS E PSD
LiberdadeExpressao.jpgCom a devida vénia ao Diário de NotíciasPublicação de escutas só com OK dos visados JOÃO PEDRO HENRIQUES Publicação de escutas dá pena de prisão até um ano Publicar escutas judiciais vai poder dar pena de prisão até um ano. E para tal nem é preciso que a escutas estejam em segredo de justiça - o que, por norma, criminaliza a publicação de qualquer peça processual ou diligência. Podem até constar em processos judiciais já públicos, como os que estão em julgamento.Para que o jornalista arrisque prisão basta apenas que os "intervenientes" nas escutas não autorizem "expressamente" a sua publicação. A norma consta, preto no branco, no novo Código de Processo Penal, anteontem publicado no Diário da República . A previsão de "pena de desobediência simples" implica, segundo o Código Penal em vigor, uma pena de um ano de prisão ou multa até 120 dias.O novo código foi aprovado no Parlamento, com os votos favoráveis do PS e PDS, a abstenção do CDS-PP e os votos contra do PCP, Bloco e PEV. A norma que agora está publicada transcreve na íntegra a que constava no projecto de novo Código de Processo Penal apresentado pelo Governo no Parlamento. No preâmbulo dessa proposta, o Governo explicava-se. A proibição de publicar escutas, fora do segredo de justiça, sem autorização dos "intervenientes", representaria uma "homenagem ao direito à palavra", visando também "impedir a devassa".Três advogados ouvidos pelo DN criticaram fortemente este novo artigo. Francisco Teixeira da Mota, que tem entre os seus clientes a redacção do jornal Público, considera-o "gravíssimo". "Revela muito pouca consideração do legislador sobre a importância da liberdade de expressão numa sociedade democrática. E, curiosa- mente, são os socialistas que a promovem."O mesmo jurista acrescenta que a pena poderá sancionar tanto o jornalista que assinar uma notícia trancrevendo ilegalmente uma escuta como o director do respectivo órgão de comunicação, caso se prove ter autorizado previamente a notícia. Ricardo Sá Fernandes fala em "absurdo". "Imagine um processo já julgado e com o arguido condenado. Se ele não autorizar, as escutas não podem ser publicadas. É um absurdo e claramente inconstitucional, por violar o princípio da publicidade dos processos", disse ao DN.António Marinho Pinto, advogado, fala também numa "restrição grave" à informação. "Dantes, para publicar uma escuta, era preciso um requisito prévio: que não estivesse sob segredo de justiça. Agora são precisos dois: que não esteja sob segredo de justiça e que os próprios autorizem." LiberdadeExpressao3.JPG

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 09:30
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007
CUBA - Incertidumbres del paraíso
Via: CUBANETLucas Garve, Fundación por la Libertad de ExpresiónLA HABANA, agosto (www.cubanet.org) - Siempre hay quienes se dejan arrastrar por titubeos. Despliegan un convencimiento inaudito ante cualquier anuncio. Disfrutan de un caudal inagotable de buena fe. A esos están dirigidos los anuncios repetidos de liberación de presos en Cuba. 08297.jpgAlgo que no deja de ser cierto, porque desde el otoño de 2006 excarcelan a presos políticos a cuentagotas. No obstante, los grilletes de las trampas de la fe están listos para que los ciegos voluntarios aplaudan sin cesar y clamen a voz en cuello que una nueva postura refleja una voluntad de cambio en el régimen cubano.En efecto, todos los encarcelados en julio de 2005 ya regresaron a sus hogares. La mayoría sin que se les haya celebrado juicio, aunque estuvieron más de 12 meses encerrados. Algunos pocos sufrieron el mal rato de ser juzgados, sentenciados y luego excarcelados pues ya habían extinguido sus condenas en la práctica. Sucede en otros casos que el término de la larga condena produjo la excarcelación.Sin embargo, los titulares de la prensa no cesan de ofrecer una imagen inexacta, con algunos reparos.El primero y más importante es que aún en las cárceles cubanas purgan condenas más de dos centenares de presos políticos y casi un centenar de presos de conciencia. Tras las rejas padecen en celdas angostas, en muchos casos en calabozos tapiados, Oscar Elías Biscet, Adolfo Fernández Sainz, Arnoldo Ramos Lauzurique, Omar Rodríguez Saludes, Pedro Arguelles, Héctor Maseda, Juan Carlos Herrera Acosta, Normando Hernández, Arturo Suárez Ramos, Ángel Moya y un largo etc.Nombres que identifican a médicos, economistas, contadores, empleados, ingenieros, a profesionales que decidieron ponerse al servicio de la promoción de la democracia.En segundo lugar, ninguno de ellos fue condenado por atentar contra la vida de sus conciudadanos, ni por explotar artefactos explosivos, ni por poseer armas, ni por sabotaje o por un acto de terrorismo evidente. No. Son hombres de paz. Ajenos a sentimientos de revancha.Fueron condenados por expresar el reclamo de sus derechos, por declararse libres de pensamiento, por ser personas progresistas. Si examinamos las pretensiones de muchos de ellos, usted podrá afirmar que perseguían verdaderas y profundas reformas sociales. Más igualdad, respeto al trabajador, a la privacidad y al otro.Por la importancia que reviste cerrar las heridas de la familia cubana para producir el cambio anhelado y la reconciliación necesaria, es imprescindible que la liberación de los presos políticos inicie un proceso tan esperado como inevitable. -------------------------------------------------------------CubaNet no reclama exclusividad de sus colaboradores, y autoriza la reproducción de este material, siempre que se le reconozca como fuente.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 19:04
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 28 de Agosto de 2007
MERCADO DOS LAVRADORES - FUNCHAL
MADEIRA231.jpg

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 11:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 24 de Agosto de 2007
CHEGUEI À JANELA - FERNANDO PESSOA
Cheguei à janela, Porque ouvi cantar. É um cego e a guitarra Que estão a chorar. Ambos fazem pena, São uma coisa só Que anda pelo mundo A fazer ter dó. Eu também sou um cego Cantando na estrada, A estrada é maior E não peço nada. Fernando Pessoa

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 09:30
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 23 de Agosto de 2007
É PERIGOSO CUSPIR PARA O AR.....
Vem isto a propósito de alguns comentários vindos de pessoas afectas ao PS, a propósito do financiamento ilegal da Somague ao PSD.

É que PS e CDS também foram decerto beneficiários, por isso....

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 15:30
link do post | comentar | favorito

ECLÉTICO e ÚLTIMO REDUTO
Com o fim das férias e o regresso ao trabalho andei um pouco desligado dos outros blogs e ia deixando passar o aniversário de dois dos melhores. Como mais vale tarde do que nunca, aqui vão os meus parabéns para a Margarida Pardal e o Pedro Guedes. Continuem!EcléticoÚltimo Reduto

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 09:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 22 de Agosto de 2007
NO PAÍS DA IMPUNIDADE...
... É perfeitamente normal um partido pseudo-democrático apoiar actividades terroristas, sem ser importunado por isso, chegando a desfaçatez ao ponto de o líder desse mesmo partido se fazer de vítima! Mas não foi a primeira vez, nem decerto a última. Está-lhes no sangue....

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 15:00
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

NO PAÍS DA CORRUPÇÃO...
... Faz-me espécie como só agora foi apanhada uma das empresas do regime a financiar ilegalmente um partido político. É do conhecimento público que essa empresa (e muitas mais, principalmente nessa área económica) financiam vários partidos políticos. Aliás o próprio presidente dessa empresa já em tempos tinha declarado financiar simultaneamente PS, PSD e CDS e achar o facto perfeitamente normal! Normalíssimo!A TROCO DE QUÊ?

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 10:00
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 21 de Agosto de 2007
NO PAÍS DA INCOMPETÊNCIA...
... Destroem-se esforços de anos em segundos, por um iluminado achar que a informação científica constante do arquivo do Centro de Estudos do Pensamento Político (CEPP) no sítio na Internet do ISCSP, escola da Universidade Técnica de Lisboa (paga pelos contribuintes) era antiga e como não tinha actualizações (por falta de financiamento), deveria ser apagada.A minha solidariedade para com o Prof. José Adelino Maltez . Continue a resistir! Não estará decerto sozinho.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 21:16
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
29
30


posts recentes

BOLIVAR LUSÍADAS PROTAGON...

ANTÓNIO MEXIA - É SÓ COIN...

PROGRESSIVIDADE FISCAL

MENINAS E MENINOS DE OURO

CÂNTICO NEGRO - JOSÉ RÉGI...

ANTÓNIO COSTA, DEMITA-SE!

DESERTIFICAÇÃO...

MONUMENTO DE HOMENAGEM AO...

O ASTÉRIX QUE SE CUIDE!

CHURCHILL - WE SHAL FIGHT...

Banner Publipt
arquivos

Junho 2018

Abril 2018

Novembro 2017

Setembro 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Agosto 2015

Abril 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Setembro 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

Outubro 2003

Setembro 2003

Agosto 2003

Julho 2003

Junho 2003

Maio 2003

Abril 2003

Março 2003

tags

todas as tags

favoritos

Dos sítios que valem a pe...

Fazer um cruzeiro: yay ou...

Hoje vou contar-vos uma h...

Boa Noite e Bom Descanso

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds