Sexta-feira, 29 de Fevereiro de 2008
PARABÉNS AO BLASFÉMIAS
Blasfemias.bmpO Blasfémias comemora o 1º mês na nova casa e o 4º (ou será 1º?) aniversário.BLASFÉMIAS

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 16:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

PARABÉNS, TSF
TSF, a rádio que mudou a rádioTSF.pngA 29 de Fevereiro de 1988, a TSF lançava para o mundo a sua primeira emissão. Vinte anos depois, muitas histórias, muitos sons, muitas conversas passaram na antena da rádio, deixando a sua marca na actualidade. A 29 de Fevereiro de 2008, assinalam-se os 20 anos da rádio com uma emissão especial com depoimentos, reportagens do fim da rua e do fim do mundo, entrevistas e videos.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 09:00
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008
10 ANOS - PAULO DE CARVALHO
Corre NinaA casa da praiaFoi tempo de uma flor sem tempoDe uma geraçãoDia a dia a marcha da vidaFoi um amor sem palavras Chuvas de verãoDiz-me onde é que tu morasDiz-me o que fazes depois do adeusUm encontroUm cantar de amigosAplausos ou desprezo para o cantorA cantiga é quando um homem quiserE eu já sei que deve ser cantiga de amorHoje canto com quadras à soltaDeito a semente na terra lavrada10 Anos é muito tempoMuitos dias, muitas horas a cantar10 Anos é muito tempoDeste tempo inteiro que eu vos quero darEm Lisboa, menina e moçaDo meu canto de esperança nasceu a NiniE agora, que eu canto e sei porquêÉ por isso que gostava de vos ver aqui.10 Anos é muito tempoMuitos dias, muitas horas a cantar10 Anos é muito tempoDeste tempo inteiro que eu vos quero darPaulo de Carvalho

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 10:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008
117 NOVAS VIATURAS PARA A GNR
Ocorreu hoje uma vistosa cerimónia durante a qual foram entregues com pompa e circunstância pelo Ministro da Administração Interna, novos automóveis e motos à GNR.Não sei porquê, lembrei-me logo dos veículos da mesma instituição que estão retidos em vários concessionários pelo país, por falta de pagamento de reparações... Será que são menos de 117?

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 18:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Los cambios en Cuba, defraudan
Via: Unión Liberal CubanaPor Elías Amor Bravo, ValenciaLa constitución de la Asamblea Nacional de Cuba y la elección de los principales cargos que deben regir el país, tras la renuncia de Fidel Castro, vuelve a confirmar la ausencia de cualquier indicio de cambio o de transformación del actual régimen político y económico, que ha resultado en un rotundo fracaso histórico.En mi opinión, la designación de Raúl Castro como máximo dirigente político e institucional del país supone aproximar a Cuba a lo que fueron las civilizaciones antiguas, como el Egipto faraónico, con una dinastía en el poder, los Castro, cuya permanencia y continuidad, a tenor del amplio número de familiares engendrados, puede no tener límites.No había motivo alguno, al menos en principio, para esperar algo mejor de una entidad cuya elección es antidemocrática, con procedimientos que en modo alguno se aproximan a los típicos de la democracia pluralista y occidental. La Asamblea no es una institución democrática, es un organismo que nace muerto, basado en un proceso ideado por Fidel Castro para garantizar que el partido único mantenga la hegemonía política, sin que los disidentes o los que piensan de forma alternativa, puedan expresar libremente sus propuestas y obtener el apoyo ciudadano. La Asamblea Nacional de Cuba es, ante todo, un instrumento al servicio de la cúpula de poder castrista, una simple y sencilla correa de transmisión de órdenes y mandatos que, ni siquiera, tienen su origen en los debates y propuestas de los integrantes de la misma, y que se deben obedecer a ciegas. En tales condiciones, poco sentido tiene esperar que esta institución, creada por el castrismo para revestir lo que en realidad es actualmente Cuba, una dictadura comunista y totalitaria, pueda servir para nada que no sea seguir las reglas del juego y acatar. En tales condiciones, el mejor favor que la Asamblea puede hacer para el futuro de Cuba es disolverse, acordar su extinción y abrir un espacio político para cambios en profundidad en el sistema político del país. Pero eso, también es bastante improbable.Por este motivo, la designación de Raúl Castro como sucesor de su hermano, Fidel, no ha causado sorpresa a los observadores y analistas. Tampoco a la población de la Isla, que ya lo había descontado desde el verano de 2006 cuando Castro cedió temporalmente sus funciones de máximo dirigente, tras la grave enfermedad que puso en riesgo su vida. Quizás por ello, los cubanos se han mantenido mucho más distantes y fríos hacia las deliberaciones de la Asamblea nacional que los reporteros y observadores internacionales establecidos en La Habana. Raúl Castro se enfrenta, esta vez en soledad y bajo la mirada distante, pero exigente de su hermano, a su verdadero papel histórico, y de acuerdo con la experiencia del último año y medio, también cabe esperar muy poco de él. Más de lo mismo. Mantener la presión sobre los disidentes, amenazar con la cárcel y la prisión política a los “desafectos” con el régimen, controlar las voces críticas y tratar de ganar tiempo. Esa es la misma receta que puso en marcha su hermano desde el período especial, y de seguro, Raúl Castro hará lo mismo.Y no cabe esperar cambios de Raúl Castro por varias razones.Primero, porque carece del valor suficiente para ello. Chávez seguirá siendo la fuente principal de recursos de Cuba a cambio de las columnas de Fidel Castro, mientras el petróleo siga siendo un buen negocio. Las remesas de las familias de exiliados sirven para compensar el notable desequilibrio de las cuentas externas. A lo mejor hay que dar algún impulso al turismo. Y poco más. Se mantendrá la escasez de alimentos, la doble moneda en circulación, la persecución a la propiedad privada y al mercado, y cualquier actividad que suponga abrir espacios alternativos en la hegemonía totalitaria comunista.Segundo, porque no va a ser capaz de desmontar el sistema institucional y político de su hermano. Para empezar, no es su objetivo. Precisamente su poder se basa en el mantenimiento y, si cabe, aumento, de las prebendas a aquellos que le otorgan el apoyo, fundamentalmente el ejército y el Minint. Cualquier proceso orientado a debilitar esas bases de apoyo político irá en contra de sus propios intereses.Tercero, porque a pesar del enorme poder que atesora, Raúl Castro sabe que en cualquier momento puede tener un adversario. El no es Fidel Castro, y sus decisiones, hasta cierto punto, pueden ser cuestionadas. Rodearse de la vieja guardia significa eso. Carecer de poder real. En los últimos años, y con grandes dificultades, la disidencia política se ha abierto camino en la Isla. Se trata de un proceso bajo control de las autoridades y que se mantiene con la observación directa de los comités de defensa y los batallones de respuesta rápida. Pero es evidente que en Cuba algo se mueve, y ello tiene mucho que ver con la reacción social frente a Raúl Castro. La incorporación de los viejos comunistas a la dirección “colegiada” del país, parece responder a la estrategia de asumir, también de forma colectiva, una mayor presión sobre la disidencia interna.Cuarto, por simple ciclo vital. Con 76 años de edad, qué futuro espera a Raúl Castro y a los cubanos. La economía, según algunos analistas, necesitará como mínimo 16 años para remontar su actual parálisis, ¿cuántos años tendrá Raúl Castro entonces, y sobre todo, qué beneficios puede obtener para sí de adoptar las medidas necesarias para transformar el país?La Asamblea Nacional ha desperdiciado la oportunidad de dar un salto histórico a los herederos de Fidel Castro, y renovar en profundidad sus estructuras. En ausencia de este proceso, que habría trasladado síntomas de cambio y de transformación, ganando previsiblemente apoyos y simpatías internacionales, nada cabe esperar del régimen castrista. El raulismo, como posible corriente de innovación y de cambio, se va a agotar muy pronto. Las expectativas de una sociedad cansada, carente de convicciones y a la que la “batalla de las ideas” impulsada por sectores talibanes próximos a Fidel Castro ya no le aporta gran cosa, van a quedar ampliamente defraudadas. Pero, ¿es que no es precisamente eso el régimen de Fidel Castro?

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 12:30
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008
ERA LISBOA - TORQUATO DA LUZ
Se fosse um bicho, havia de ser gato,jamais um réptil, talvez uma ave.Teria o pêlo dócil e suavee um olhar ideal para o retrato.Se fosse arbusto, é certo que seriauma frágil e meiga sardinheira.Jamais a desprezada urze rasteiraou a mais que infeliz silva bravia.Se fosse uma cidade, era Lisboa,com esta luz que me atordoa.Torquato da Luz

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 14:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 23 de Fevereiro de 2008
INGRID BETANCOURT - 6 ANOS SEQUESTRADA PELOS TERRORISTAS DAS FARC
Affiche-A4-Libertad.jpg


publicado por João Carvalho Fernandes às 19:44
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008
UM PAÍS, DOIS SISTEMAS....
Confesso que não me surpreendeu minimamente a notícia hoje divulgada de que Mário Soares não iria ser penalizado por imcumprimento da lei no financiamento da sua candidatura presidencial.É cada vez mais evidente que as leis só se aplicam a alguns em Portugal, um país onde a corrupção é cada vez maior!Tal como também não me surpreendeu que um ingénuo deputado do PSD que disse a verdade (que são muito bem pagos para o que fazem), tenha sido censurado pelos seus pares, principalmente por alguns dos responsáveis pelas negociatas que têm surgido à luz do dia implicando este partido.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 19:45
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008
SIMPLEX, POIS CLARO!
E para comemorar o terceiro aniversário deste Governo, nada como utilizar uma das maiores bandeiras deste, o SIMPLEX!Vamos então pedir uma certidão predial, no PORTAL DO CIDADÃO . Primeiro temos que nos inscrever. Inscrição efectuada, vamos às Certidões on-line. A certidão desejada é do Concelho de Lisboa e surge um pequeno problema: há 9 Conservatórias em Lisboa... Mas existe um link para procurar a partir da freguesia, qual a Conservatória. Grande sorte, hoje ao contrário dos 2 dias anteriores (pelo menos...), funciona! Mas onde pára S. Domingos de Benfica? Estranho, seria capaz de jurar que Lisboa tem 53 freguesias e não as 49 que constam...Bem, deixa-me lá telefonar para a 5ª, a de Benfica. Após algum tempo de espera sou atendido por uma funcionária, que me diz que a freguesia está dividida por mais de uma Conservatória! Dou-lhe o número do artigo desejado e ela responde-me, "não encontro nada". "Então qual a rua?" .... "Também não encontro". Após um período de silêncio, pergunto, "então como fazer?". "Terá de vir cá, para as minhas colegas procurarem..."SIMPLEX? POIS CLARO!

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 21:19
link do post | comentar | favorito

A TERRA - MIGUEL TORGA
Também eu quero abrir-te e semear Um grão de poesia no teu seio!Anda tudo a lavrar,Tudo a enterrar centeio,E são horas de eu pôr a germinarA semente dos versos que granjeio.Na seara madura de amanhãSem fronteiras nem dono,Há de existir a praga da milhã,A volúpia do sonoDa papoula vermelha e temporã,E o alegre abandonoDe uma cigarra vã.Mas das asas que agite,O poema que canteSerá graça e limiteDo pendão que levanteA fé que a tua força ressuscite!Casou-nos Deus, o mito!E cada imagem que me vem É um gomo teu, ou um grito Que eu apenas repitoNa melodia que o poema tem.Terra, minha aliadaNa criação!Seja fecunda a vessada,Seja à tona do chão,Nada fecundas, nada,Que eu não fermente também de inspiração!E por isso te rasgo de magiaE te lanço nos braços a colheitaQue hás de parir depois...Poesia desfeita,Fruto maduro de nós dois.Terra, minha mulher!Um amor é o aceno,Outro a quentura que se querDentro dum corpo nu, moreno! A charrua das leivas não concebeUma bolota que não dê carvalhos; A minha, planta orvalhos...Água que a manhã bebeNo pudor dos atalhos.Terra, minha canção!Ode de pólo a pólo erguidaPela beleza que não sabe a pãoMas ao gosto da vida!Miguel Torga

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 12:00
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

CHRIS GEOFFROY - A última...

BOLIVAR LUSÍADAS PROTAGON...

ANTÓNIO MEXIA - É SÓ COIN...

PROGRESSIVIDADE FISCAL

MENINAS E MENINOS DE OURO

CÂNTICO NEGRO - JOSÉ RÉGI...

ANTÓNIO COSTA, DEMITA-SE!

DESERTIFICAÇÃO...

MONUMENTO DE HOMENAGEM AO...

O ASTÉRIX QUE SE CUIDE!

Banner Publipt
arquivos

Fevereiro 2019

Junho 2018

Abril 2018

Novembro 2017

Setembro 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Agosto 2015

Abril 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Setembro 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

Outubro 2003

Setembro 2003

Agosto 2003

Julho 2003

Junho 2003

Maio 2003

Abril 2003

Março 2003

tags

todas as tags

favoritos

Dos sítios que valem a pe...

Fazer um cruzeiro: yay ou...

Hoje vou contar-vos uma h...

Boa Noite e Bom Descanso

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds