Sexta-feira, 26 de Março de 2004
PAULO QUERIDO
pqfoto1.JPGEsta foto, merece como legenda o comentário do próprio: "É incrível, mas não tenho uma foto decente :)"O que levou um jornalista com créditos firmados e uma coluna fixa no Expresso a uma aventura como a weblog.pt?PQ - Resposta curta: a curiosidade. As simple as that.PQ - Resposta longa: até Fevereiro de 2003 os blogs eram apenas fontes de informação do jornalista, que mantinha o seu site pessoal num registo de... site, com algumas notícias e parte do arquivo dos cerca de um milhar de textos sobre Internet e Tecnologias de Informação que já escrevi. Em Fevereiro aconteceu o meu reencontro com o Luís Ene, que não via há 20 anos. Cautelosamente, por mail, dissemos um ao outro que só valia a pena reaproximarmo-nos SE houvesse aventuras novas, nenhum estava interessado em reviver o passado género "encontro dos Antigos Alunos do 6º F", com todo o respeito que nutro por esses acontecimentos, mas nem eu nem ele somos de reviver. Somos mais de maluqueiras novas. Encontrámo-nos e foi um flash: HAVIA projectos novos para fazermos juntos! O Luís já tinha um blog há meses. Perguntava-me porque não tinha eu um. Decidi investigar mais a fundo a blogosfera enquanto fenómeno, até porque era tempo disso. Em simultâneo decorriam conversações com o meu editor Libório Silva, do Centro Atlântico, sobre um projecto de livro do Luís, que tinha acabado de publicar o seu romance de estreia; eu já era autor. O Libório torceu o nariz ao projecto (uma ficção) apenas porque não era da esfera do Centro Atlântico e alvitrou um livro a quatro mãos sobre algo que estivesse a dar... como os blogs. Eu e o Luís conversámos e... decidimos que sim, estava ao nosso alcance. Comecei por querer saber como funcionavam os motores editoriais dos blogs. É que nem sequer ponderei o Blogger, onde o Luís tinha o dele. Como já possuía o meu próprio servidor, queria um mecanismo que EU controlasse. Instalei um primeiro, cujo nome já não me lembro, e foi nele que arranquei (o vento lá fora) a 27 de Março, e o Luís começou o Ene Coisas. Dois outros jornalistas meus amigos começaram também ali blogs em Abril, um deles não durou muito tempo mas o outro continua: No Bosque Ocidental. Em Maio mudei de motor. Realmente bom e potente era mesmo o Movable Type e achei que o futuro passaria por ele (aposta certa). A 28 desse mês registei o endereço weblog.com.pt tendo no horizonte a ideia de alojar mais blogs de amigos, depois de ter corrido bem a migração dos conteúdos dos nossos blogues para o novo sistema. A 10 de Junho abri o weblog.com.pt ao público. Mas nunca pensei que fosse obter o sucesso que obteve: pretendia apenas captar uma ou duas dúzias de pessoas mais exigentes em relação ao motor editorial...O resto é história conhecida. Eu não estava preparado para o sucesso do projecto. Nem sequer o tinha dimensionado. Mas uma vez em curso tornou-se irresistível cavalgá-lo. Tal como é inebriante fazer e manter um blog, é inebriante (e cansativo...) fazer crescer uma comunidade de bloggers. Como a maioria das coisas na minha vida, fui acrescentando pormenores ao sabor da inspiração e do feeling. O Top Technorati nasceu no I Enconto de Bloggers em Braga, quando se falava da necessidade de página agregadoras: levantei-me e disse, eu vou fazer o Top Technorati. E fiz. O Blogómetro foi ideia minha. Outro grande responsável pelo sucesso foi a lista dos últimos posts -- algo para mim óbvio de fazer, uma vez que tinha ali à mão a base de dados, era uma questão de escrever o script.Apesar de ser um projecto que à primeira vista nada tem a ver com jornalismo, na realidade tem. Primeiro: enquanto jornalista especializado (enfim, mais ou menos) em tecnologias compete-me estar em cima das novidades e os blogs eram novidade. Segundo, há um manancial de informação no sistema do weblog.com.pt que me é útil de vez em quando para o Expresso, como foi o caso na semana passada, num artigo sobre a mudança de comportamento dos utilizadores de serviços Internet, em que fui buscar os padrões de edição e de consulta dos blogs (os 400 blogs activos reflectem melhor que qualquer sondagem o universo dos blogs portugueses).Terceiro e mais importante: fui dominando ferramentas de sistematização de pesquisa e publicação de informação (notícias, opiniões abalizadas, teorias, fait-divers, whatever) que antecipam o futuro do jornalismo online.Achas que será possível manter no futuro o acesso gratuito?PQ - No futuro a curto e médio prazo (isto é, nos próximos seis meses), sim. Desde que misturado com serviços pagos, como já pus em prática, que ajudem a sustentar o sistema. Prever a mais de seis meses nesta área não é grande ideia... Mas estou convicto que haverá sempre blogs gratuitos. A história de todos os serviços Internet recomenda esta ideia: continuam e continuam gratuitos, mesmo que tenham passado de moda.Mas o projecto caminha para a profissionalização, ou não?PQ - Sim. Não só caminha: já é um projecto profissional - só que ainda mal remunerado e deficitário. O weblog.com.pt já tem receitas. Curtas, mas inequivocamente receitas. E eu já divido a atenção: dou agora primazia, na assistência como na simples resposta ao correio, aos clientes - tentando não descurar os borlistas. Penso que este facto prova a profissionalização - para o bem e para o mal.Quantas horas por dia dedicas, em média, à weblog?PQ - Tenho dias de 16 horas, tenho dias de zero horas. Varia muito, em função das minhas outras actividades profissionais e lúdicas. Diria que em média dedico quatro horas em seis dias por semana ao projecto.Qual o valor acrescentado para ti (seja do ponto de vista profissional ou pessoal) do teu blog, que também festeja agora um ano? (E já agora, Parabéns!) PQ - Do ponto de vista profissional há dois valores. Primeiro, noto já algum deslocamento de "importância", isto é, já me aconteceu telefonarem-me por causa de um texto publicado no blog... Isto era impensável! Mas não ligo muito a isso: nunca tive intenção nem tenho de fazer jornalismo-jornalismo no meu blog. Pode acontecer um texto ser mais noticioso, ou dar uma "cacha" (informação em primeira mão) mas será uma excepção. O segundo valor é o do arquivo. O meu blog é o meu arquivo, é a minha secretária electrónica, é o meu elo de ligação comigo. Posso estar em qualquer parte do mundo, desde que tenha Internet posso trabalhar pois tenho o meu arquivo e secretária acessíveis. Por extensão esse é também o grande valor do meu blog do ponto de vista pessoal. É um ponto de encontro comigo mesmo, com as minhas ideias, com alguns elos familiares e de amizade. O meu blog é uma extensão digital de mim. E não é mais que isso: não chego sequer a considerar-me um "blogger" da blogosfera portuguesa, sou mais um outsider, não tenho um blog por moda, ou para publicar as minhas ideias nunca lidas (caramba, escrevo para o público há 25 anos!), ou pelas razões típicas. Tenho um blog porque descobri que é a melhor forma de ser ubíquo, o que me é necessário (além de fascinante, claro).Alguma pergunta que gostarias que eu tivesse feito?PQ - Ó pá, acho que depois deste testamento não me ocorre mais nada! Entusiasmei-me com o teu desafio e olha no que deu... A primeira resposta contém material infomativo sobre o weblog.com.pt rigorosamente inédito!


publicado por João Carvalho Fernandes às 08:19
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De Paulo Ferreira da Cunha a 3 de Abril de 2004 às 01:05
Caro PQ: Não tenho o seu e-mail para combinarmos o nosso cafezinho...


De Paulo Ferreira da Cunha a 3 de Abril de 2004 às 01:04
Caro PQ: Não tenho o seu e-mail para combinarmos o nosso cafezinho...


De Deméter a 28 de Março de 2004 às 04:15
Parabéns! Pelo aniversário do Fumaças, pelasentrevistas geniais, por nos presentear com uma foto do Paulo Querido... (bem mais bonito aqui que no lançamento do livro, viu?). Abraços a todos.


De Columbiana a 26 de Março de 2004 às 11:34
É hoje é hoje! Parabennns!:))


De MP a 26 de Março de 2004 às 11:11
O "chalado" do Paulo Querido sempre igual a ele mesmo!
Sempre no seu melhor! Inteligente, esperto e inovador!
É um achado!


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

CHRIS GEOFFROY - A última...

BOLIVAR LUSÍADAS PROTAGON...

ANTÓNIO MEXIA - É SÓ COIN...

PROGRESSIVIDADE FISCAL

MENINAS E MENINOS DE OURO

CÂNTICO NEGRO - JOSÉ RÉGI...

ANTÓNIO COSTA, DEMITA-SE!

DESERTIFICAÇÃO...

MONUMENTO DE HOMENAGEM AO...

O ASTÉRIX QUE SE CUIDE!

Banner Publipt
arquivos

Fevereiro 2019

Junho 2018

Abril 2018

Novembro 2017

Setembro 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Agosto 2015

Abril 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Setembro 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

Outubro 2003

Setembro 2003

Agosto 2003

Julho 2003

Junho 2003

Maio 2003

Abril 2003

Março 2003

tags

todas as tags

favoritos

Dos sítios que valem a pe...

Fazer um cruzeiro: yay ou...

Hoje vou contar-vos uma h...

Boa Noite e Bom Descanso

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds