Quarta-feira, 21 de Junho de 2006
FILOSOFIA - 12º ano
John Locke, Stuart Mill e Alain no exame de filosofia do 12º!Não, não é cá...É em França.(via: PUXAPALAVRA)


publicado por João Carvalho Fernandes às 18:00
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 16 de Maio de 2005
CHEGOU O MOMENTO DE DIZER NÃO!
Subscrevo inteiramente o que diz o António Torres a propósito de um artigo no Expresso deste fim de semana sobre educação sexual:Chegou o momento de dizer Não!


publicado por João Carvalho Fernandes às 18:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 28 de Abril de 2005
PARABÉNS!
Sem qualquer outro comentário (basta o título) recomendo a leitura desta entrada do João Tilly:O problema do ensino da matemática é só um: FALTA DE TRABALHO


publicado por João Carvalho Fernandes às 08:15
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 10 de Março de 2005
FACULDADE DE DIREITO CONTINUA ENCERRADA A CADEADO
Não será possível deixarem-na ficar assim para sempre? Talvez fosse melhor para todos...A Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa foi hoje de madrugada encerrada a cadeado pelos alunos, por tempo indeterminado, como forma de protesto até que o Conselho Directivo eleito em Dezembro tome posse.Os estudantes estão reunidos com o vice-reitor, para tentar desbloquear o protesto. Querem que a o novo Conselho Directivo tome posse para que equacione algumas das suas reivindicações.Artigo completo: TSF-Faculdade de Direito encerrada a cadeado


publicado por João Carvalho Fernandes às 08:42
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2004
PREOCUPANTE, MAS PREVISÍVEL...
Daqui a algum tempo, virá alguém dizer "pois, deviamos ter agido, foi um erro". Mas agora dirão que não é bem assim, que são alarmismos de extremistas anti-europeus...As notícias (via Ecletico e Que Universidade? ):Processo de Bolonha pode retirar superior a Portugal Terça-feira, 23 de Novembro de 2004 O Processo de Bolonha pode vir a retirar o ensino superior a Portugal. O alerta parte de Alberto Amaral, presidente do Centro de Investigação de Políticas do Ensino Superior, e tem por base um documento de trabalho que aconselha os países mais longe da «fronteira tecnológica», onde se inclui Portugal, a concentrarem-se no «ensino primário e secundário».Assim, o grande perigo de Bolonha é introduzir um ensino superior europeu a duas velocidades, beneficiando os países que estão perto da «fronteira tecnológica» e discriminando os Estados membros mais atrasados na corrida à inovação. Para Alberto Amaral - que falava ontem na Sessão Solene de Entrega de Diplomas da Faculdade de Economia do Porto -, o sistema de harmonização do ensino superior na Europa poderá, à semelhança do que se passa na Política Agrícola Comum, introduzir o conceito de «quotas educativas».Deste modo, Portugal «dedicar-se-ia ao ensino primário e secundário e com alguma sorte teria, também, a leccionação do primeiro ciclo de Bolonha». Os melhores alunos poderiam concluir depois os estudos, nomeadamente o mestrado e doutoramento, noutros países da União Europeia «mais próximos da fronteira tecnológica». Por outras palavras, o relatório da Comissão Europeia, desenvolvido pelo grupo de trabalho do «Implementation of Education and Training 2010 - Work Programme», propõe que o ciclo da inovação seja retirado a Portugal, um país que se limitaria a perpetuar o «ciclo da imitação». Este cenário levou Alberto Amaral a afirmar, perante uma assembleia de professores e dirigentes universitários: «Depois não se queixem por andarem a dormir, ou por não terem sido avisados.» A grande questão deste processo de harmonização do ensino superior europeu não é, assim, para Alberto Amaral, uma questão pedagógica. Para o presidente do Centro de Investigação de Políticas do Ensino Superior, existe mesmo «uma agenda oculta de Bolonha»: a economia. O pano de fundo para as transformações que se avizinham nas universidades e politécnicos europeus é «a competitividade económica num sistema globalizado» e «os problemas dos salários europeus muito elevados». A ênfase é colocada no conceito de «empregabilidade», o que confere ao indivíduo a total responsabilidade para conseguir um trabalho.O mesmo documento de trabalho afirma ainda que o financiamento público da educação não deve aumentar. Pelo contrário, o acesso aos patamares mais elevados da educação e formação deve ser suportado pelos próprios ou através de parcerias público-privadas. Isto para resolver um dos problemas da Europa: manter-se «competitiva num mercado económico global» quando já não tem recursos para «as políticas tradicionais do Estado-Providência». (in: Diário de Notícias)Alberto Amaral Duvida de Bolonha Terça-feira, 30 de Novembro de 2004 A pergunta, óbvia naquela altura, saiu da assistência. "Mas afinal vê alguma vantagem no Processo de Bolonha?" Alberto Amaral, presidente do Centro de Investigação das Políticas do Ensino Superior (Cipes), sorriu e respondeu de pronto. "Bolonha poderá ter efeitos positivos se corresponder a um novo paradigma do ensino superior. Tenho é muitas dúvidas de que isso venha a ser feito." Naquela que foi a quarta palestra do ciclo de Conferências de Outono, organizadas anualmente pela Faculdade de Letras do Porto, Alberto Amaral traçou ontem um retrato negro da aplicação da Declaração de Bolonha, assinada em 1999 com o objectivo de criar um espaço europeu de ensino superior até 2010. Para o ex-reitor do Porto, há vários aspectos relacionados com Bolonha que são tudo menos democráticos. Apenas um exemplo, referiu: por várias vezes, representantes de universidades de toda a Europa manifestaram-se contra a introdução de um sistema de acreditação. Alberto Amaral garante, porém, que "de Bruxelas" há já a indicação de que serão criadas várias agências de acreditação em cada país, secundadas depois por um sistema "para acreditar estas agências". Na prática, explicou, as agências caseiras farão uma acreditação "nivelada por baixo", enquanto a europeia basear-se-á "em padrões de grande exigência, atribuindo uma espécie de selos de qualidade". "Aposto que entre as 500 melhores universidades não haverá nenhuma portuguesa", arriscou. A concretizar-se este modelo, disse ainda, "a Europa vai mover-se de um sistema diversificado de ensino superior para um sistema estratificado pela acreditação". Na semana passada, Alberto Amaral revelou a existência de um documento de trabalho da Comissão Europeia que aconselha os países mais afastados da "fronteira tecnológica", como é o caso de Portugal, a concentrarem-se no ensino primário e secundário. Nesse sentido, em termos de ensino superior, Portugal poderia apenas aspirar a leccionar o primeiro ciclo de estudos - Bolonha prevê que os cursos passem a estar organizados em dois ciclos de formação. Ontem, o presidente do Cipes criticou o Governo por ainda não ter reagido às sugestões da Comissão. S.S.C. (in: Público)


publicado por João Carvalho Fernandes às 13:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 22 de Setembro de 2004
OS MAUS EXEMPLOS VÊM DE CIMA....
Já sabíamos (apenas na blogosfera, é certo...), desde o célebre episódio do corrector ortográfico que tinhamos um Secretário de Estado da Educação que não sabia escrever em português: Queirosiano - Sara Muller/BlasfémiasDesde ontem que o País ficou a saber que também temos uma Ministra da Educação que não sabe falar em português: não conseguiu na alocução feita publicamente dizer uma vez que fosse a palavra "está", saía sempre "tá". E os "pa" em vez de "para"?Com gente desta à frente do Ministério da Educação, como é que querem que a educação em Portugal evolua?


publicado por João Carvalho Fernandes às 13:03
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 21 de Setembro de 2004
E NÃO SE DEMITE?
Passa das 19 horas do dia 21 de Setembro de 2004 e a responsável pelo texto que se segue ainda não se demitiu!Divulgação da Lista de Colocação de docentesA lista de colocação dos docentes vai ser divulgada até ao próximo dia 20 de Setembro.Apesar do enorme esforço desenvolvido, não vai ser possível publicar a lista definitiva até ao dia 15 de Setembro. Malgrado este atraso, num número significativo de escolas, o ano lectivo iniciar-se-á, conforme previsto, a 16 de Setembro.Apesar de este ano já estarem colocados nas escolas todos os funcionários não docentes, há casos em que o início das actividades está estritamente dependente da publicação das listas. Nestas escolas, o ano lectivo poderá começar até dia 23 de Setembro, conforme anteriormente anunciado. Cerca das 19h15m., a situação era a seguinte:concurso1.jpgComo se lê mal, realço a linha a vermelho:concurso.jpg


publicado por João Carvalho Fernandes às 19:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 16 de Maio de 2003
CIÊNCIA
Atenção, professores e curiosos dos assuntos ligados às ciências.Acrescentados os seguintes links, em Ciência/Educação:Ciencia Viva
La main a la pate
Entre centenas de trabalhos e de experiências, realço os seguintes:A Cozinha é um Laboratório
Trabalho sobre a (de)composição das cores
Sitios Sugeridos


publicado por João Carvalho Fernandes às 17:25
link do post | comentar | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

FILOSOFIA - 12º ano

CHEGOU O MOMENTO DE DIZER...

PARABÉNS!

FACULDADE DE DIREITO CONT...

PREOCUPANTE, MAS PREVISÍV...

OS MAUS EXEMPLOS VÊM DE C...

E NÃO SE DEMITE?

CIÊNCIA

Banner Publipt
arquivos

Fevereiro 2019

Junho 2018

Abril 2018

Novembro 2017

Setembro 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Agosto 2015

Abril 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Setembro 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

Outubro 2003

Setembro 2003

Agosto 2003

Julho 2003

Junho 2003

Maio 2003

Abril 2003

Março 2003

tags

todas as tags

favoritos

Dos sítios que valem a pe...

Fazer um cruzeiro: yay ou...

Hoje vou contar-vos uma h...

Boa Noite e Bom Descanso

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds