Domingo, 8 de Maio de 2005
8 MAIO 1945
Passam hoje cerca de 60 anos sobre a rendição alemã que levou ao fim da IIª Grande Guerra. E digo cerca porque há uma primeira rendição, sem condições, assinada no dia 7 de Maio de 1945, pelas 2h41mn, numa escola em Reims, por representantes dos dois lados.No entanto, é posteriormente organizada uma cerimónia solene, que se desenrola na noite de 8 para 9 de Maio, sendo o documento assinado às 00h16mn. Esta cerimónia "nasceu" do facto de a Staline e de Gaulle não agradar que o primeiro documento tivese sido assinado em Reims no local onde estava instalado o Quartel General de Eisenhower, o que poderia levar a que tal fosse interpretado como uma vitória dos americanos.8_mai45Esta "estória" e muitas mais, com grande interesse, na Le Point desta semana (um artigo disponível na net e os outros na edição de papel - vale a pena!).

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 23:55
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 29 de Abril de 2005
25 DE ABRIL
No filme sobre o 25 de Abril, com a Maria Medeiros, já perto do fim, é atribuída ao personagem Otelo Saraiva de Carvalho a frase:"Se eu tivesse lido os livros certos, era o Che Guevara da Europa".Não me lembro de alguma vez ter ouvido esta frase. Alguém sabe se é memso verdade que tenha sido dita por ele?

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sexta-feira, 14 de Maio de 2004
TROIA EXISTIU?
Na semana em que estreia o filme podem ler mais sobre esta questão na revista francesa Historia.Alguns historiadores colocam em causa a existência da guerra de Tróia, defendendo que o célebre cavalo nunca existiu e que tudo não passa de uma história romanceada, muito bem escrita, mas com pouco a ver com a realidade.O artigo aqui citado, com versão parcial na net (Historia) defende que a guerra existiu mesmo, mas que consistiu numa sucessão de batalhas, com várias expedições, dispersas ao longo de uma dezena de anos, a cercar a cidade. Para quem se interesse por estes assuntos, vale mesmo a pena a aquisição deste número!689.gif

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 19:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 16 de Abril de 2004
DICIONÁRIO NAPOLEÓNICO
Para quem se interessa por história, particularmente pelo período napoleónico, um dicionário (em francês) que engloba as várias campanhas militares realizadas por Napoleão.Dictionnaire NapoleonienUm exemplo:Bataille de Waterloo (18 juin 1815) : Napoléon se porte avec 124 000 hommes vers l’ennemi le plus proche, en Belgique, les 95 000 Anglo-Hollandais de Wellington et les 124 000 Prussiens de Blücher. Il repousse ces derniers à Ligny, le 16 juin 1815, et lance à leurs trousses Grouchy et 30 000 soldats tandis qu’il se jette sur Wellington, retranché à Waterloo, avec 74 000 hommes et 266 pièces d’artillerie. Le 18 juin, les Français s’épuisent à attaquer la gauche puis le centre de Wellington, solidement retranché entre la ferme d’Hougoumont et le Mont-Saint-Jean. A une heure de l’après-midi, l’Empereur apprend l’arrivée de l’avant-garde prussienne, les 30 000 cavaliers de Bülow, ce qui l’oblige à abandonner l’attaque de l’aile gauche anglaise renforcée par les Prussiens pour mener une sanglante et stérile attaque frontale sur la Haie Sainte qui est emportée vers 16 heures. Ney croit les Anglais en retraite et fait massacrer la cavalerie sur leurs carrés qui se révèlent inébranlables. A 16 h 30, la masse des Prussiens refoule lentement la droite française. La bataille est perdue. Pourtant, à 17 heures, Ney lance une dernière charge de cavalerie qui dure près de deux heures et se termine per un carnage sans que les Anglo-Hollandais aient plié. Vers 19 heures, l’ensemble des forces prussienne attaque, obligeant Napoléon à faire donner ses dernières réserves pour les contenir. A 2 heures, la nuit venue, Blücher et Wellington se rencontrent en vainqueurs près de la ferme de Belle Alliance. Tandis que les Anglais épuisés restent sur le champ de bataille, les Prussiens se jettent sur les Français et transforment la retraite en déroute. « Je ne reviens pas de notre défaite !… On nous a fait manœuvrer comme des citrouilles ! » écrira Marbot. Il est vrai que les charges désordonnées de Ney et le médiocre dispositif de bataille de Napoléon ont pesé bien plus lourd dans la défaite que l’absence de Grouchy sur qui on a voulu, à tout prix, faire peser la responsabilité du désastre. Même son arrivée sur le champ de bataille n’en aurait pas changé l’issue.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 13:13
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 22 de Março de 2004
DIÁLOGOS COM HITLER... (Fim)
A 1 de Setembro de 1939, as tropas alemãs invadiram a Polónia.A 3, a Inglaterra e a França declararam guerra à Alemanha.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 14:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

DIÁLOGOS COM HITLER... (Parte II)
... No dia 30 de Setembro, pouco mais ou menos pela 1 da noite, Hitler, Chamberlain, Mussolini e Daladier apuseram as suas assinaturas no Acordo de Munique, estipulando que o Exército Alemão entraria na Checoslováquia no 1º de Outubro......Tal como Daladier em Paris, também Chamberlain voltou a Londres como um triunfador. O primeiro-ministro, radiante, viu-se em presença de uma multidão enorme, que se acotovelava em Downing Street. Depois de ter ouvido o povo gritar "Viva Neville!" e cantar a toda a força "For he's a jolly good fellow", Chamberlain, sorridente, pronunciou algumas palavras do alto de uma janela do segundo andar:- Meus caros amigos - disse-, pela segunda vez na nossa história, a paz, com honra, foi trazida da Alemanha para Downing Street. Julgo que, desta vez, é a paz para toda a vida.in História do Terceiro Reich de William L. Shirer

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 13:04
link do post | comentar | favorito

DIÁLOGOS COM HITLER... (Parte I)
... Em Novembro de 1937, Hitler anunciou aos seus colaboradores que julgava azado o momento para incorporar no Reich os territórios alemães perdidos...... Hitler organizou uma espécie de calendário para a expansão alemã, cujos primeiros objectivos eram a Áustria e a Checoslováquia...... Quanto à Checoslováquia, o pretexto foi a existência nesse país de três milhões de Sudetas de língua alemã, cujo partido organizara um programa pedindo a completa autonomia dos Sudetas no quadro da Checoslováquia...... Então Hitler, confiante, fez compreender que não se trataria apenas de dar autonomia aos Sudetas, mas que toda a região deveria ser anexada pela Alemanha. Os dirigentes francês e inglês, desejosos de evitar a guerra, obrigaram Benés (Presidente da Checoslováquia) a aceitar o desmembramento da sua nação...... A guerra parecia iminente, mas uma conferência que reuniu em Munique, em 29 de Setembro de 1938, por iniciativa de Mussolini, os dirigentes das quatro potências ocidentais salvou a paz. Hitler aceitou moderar as suas pretensões, e assinou um tratado de não agressão com a Inglaterra e, logo em seguida, com a França. Ambas acreditavam que Hitler, satisfeito, garantiria as novas fronteiras checoslovacas....in História Universal de Jean Monnier

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 08:16
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quarta-feira, 23 de Julho de 2003
O LUGAR DA HISTÓRIA
Está aberta a subscrição para protestar contra o anunciado 'encerramento' da rubrica da RTP 2 «O Lugar da História».O endereço é:Petição - O Lugar da História
(E peço desde já desculpa por esta minha deriva anti-liberal...)

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 13:45
link do post | comentar | favorito

Domingo, 1 de Junho de 2003
GLOBOS DE OURO
GLOBOS DE OUROUma nota só para saudar o merecidíssimo prémio carreira, para o Prof. José Hermano Saraiva.Tem sido o maior divulgador da história Portuguesa, transformando o que alguns acham aborrecido em algo de extremamente interessante, pela maneira como é contado.

tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 19:41
link do post | comentar | favorito

Domingo, 6 de Abril de 2003
HISTORIA

Li neste fim de semana um artigo interessante na Historia francesa sobre as inundações em Paris. E se fosse cá? Ao pé de algumas das que nos são relatadas no artigo (é pena que na versão net não constem as fotos) as nossas cheias no Douro ou no Tejo até parecem pequenas! Praticamente todas as linhas de metro e RER seriam interrompidas se houvesse uma cheia semelhante à de 1910; 650.000 pessoas seriam afectadas, milhares de casas e escritórios privados de electricidade e de água potável!


Artigo


Mapa



tags:

publicado por João Carvalho Fernandes às 23:23
link do post | comentar | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

8 MAIO 1945

25 DE ABRIL

TROIA EXISTIU?

DICIONÁRIO NAPOLEÓNICO

DIÁLOGOS COM HITLER... (...

DIÁLOGOS COM HITLER... (...

DIÁLOGOS COM HITLER... (...

O LUGAR DA HISTÓRIA

GLOBOS DE OURO

HISTORIA

Banner Publipt
arquivos

Fevereiro 2019

Junho 2018

Abril 2018

Novembro 2017

Setembro 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Agosto 2015

Abril 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Setembro 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

Outubro 2003

Setembro 2003

Agosto 2003

Julho 2003

Junho 2003

Maio 2003

Abril 2003

Março 2003

tags

todas as tags

favoritos

Dos sítios que valem a pe...

Fazer um cruzeiro: yay ou...

Hoje vou contar-vos uma h...

Boa Noite e Bom Descanso

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds